Tudo, mas a menina todos e cada um

Uma menina,Um sorriso que contagia.Uma sinceridade que encanta.Uma espontaneidade que surpreende.Uma menina.Frágil, Porém tão forte.Que precisa de um abraço.Palavras de consolo.Algo que conforte.Aprecia a sua beleza.Sem que a estremeça.É,querida menina,Cresça.Entenda...E os faça entender,cada risada, cada careta.É,querida menina,continue essa menina.AUTORA: Joanna, minha filha caçula. Era uma vez uma menina pequena que, quando fazia alguma coisa, só pensava no que não podia estar a fazer naquele momento por estar precisamente a fazer outra coisa. Estava em casa a brincar às casinhas, pensava que preferia estar a desenhar um urso. Estava a desenhar um urso, pensava que preferia estar a brincar às casinhas, e isso ... A família vai se completando cada um com seu jeito e cada jeito sendo referência para cada um, mas em uma harmonia, em que “todos se amam”. Nesse contexto, a menina cresceu amando o seu cabelo crespo e tudo que é possível fazer com ele, já que dava para criar vários penteados ao longo da semana, de modo que essa menina “cada dia ... Felizmente, uma operação atrasou o inevitável, mas a família sabe que precisa valorizar cada momento precioso junto a Nick. Apesar dos problemas, a mãe de Nick afirma que ele é muito feliz e que leva alegria para as pessoas também. “Para mim, é como ter um filho que nunca cresceu realmente, e isso é uma coisa maravilhosa. comigo foi assim.. eu até queria ter menina, muito antes de engravidar eu sonhei duas vezes que tinha uma filha. quando engravidei, eu não tinha nenhum sintoma aparente de ser menina, tudo indicava menino (o que na verdade é um mito, pq cada gravidez é diferente), mas as pessoas me perguntavam se eu tinha preferência por doce, e eu sempre dizia q queria salgado, então falavam: é menino. Cada Um na Sua Casa é uma daquelas animações que aparenta pensar que qualquer coisa que fizer renderá sorrisos no rosto do espectador. Mas a verdade é que isso só ajuda a fazer dela uma produção boba e entediante, ainda que seu público-alvo seja as crianças, que certamente mereciam um entretenimento melhor do que este. Menina Vê MICHAEL JACKSON e o PAPA Durante VISITA ao INFERNO Quando a gente fala que na internet tem de tudo, é porque tem de tudo MESMO. Independentemente do que cada um de vocês acreditam, esse vídeo é um... Quando uma menina de 12 anos no MasterChef Jr desperta o desejo de homens adultos precisamos falar sobre a cultura do estupro Valentina tem 12 anos. Ela tem um corpo de uma menina de 12 anos de… Parabéns, minha querida filha! Foi neste diaque a minha vida ganhou um novo significado e que eu percebi a importância de ser mãe. Você passou a ser a minha razão de viver e o que me motiva a seguir em frente quando tudo parece complicar. Cada sorriso seu é um prémio para mim e me mostra que estou a desempenhar bem o meu papel de mãe. De tudo farei para que continue sorrindo ao longo ... Se já sabe que vai ter uma menina ou se ainda não sabe o sexo do bebé mas quer ter já a lista de nomes de menino e nomes de menina para considerar todas as hipóteses vamos ajudá-la a escolher o nome do bebé! Trazemos-lhe as listas de nomes de menina mais bonitos e originais para se inspirar.

Ajuda para aqueles que tem ansiedade...

2020.09.18 10:52 TiaSayu Ajuda para aqueles que tem ansiedade...

Yo mina, Daijobu deska? *ೃ˚
Hoje falarei sobre um tema que me atormenta assim com muitas pessoas diariamente. Espero que esse texto ajude alguém que nessa pandemia, anda sofrendo com o dobro das reações desse distúrbio.
AVISO: Se caso você sofre com este problema e níveis descontrolados POR FAVOR, procure por profissionais para se auto-ajudar. Não tente sobre HIPÓTESE alguma tomar medicamentos por conta própria e nem usar métodos não convencionais. Sempre consulte o seu psiquiatra ou médico sobre suas dúvida, e se cuide da maneira correta.
Bilhetinho: Espero com que este texto seja fonte de muito apoio para aqueles que sofrem disto, um guia para aqueles que querem ajudar alguém que sofre. Espero que, de alguma maneira, posso ter sido útil na vida de alguém e ter alegrado o seu dia ♥
Vamos para o textinho︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶
Bom... Para aqueles que desconhecem a ansiedade é algo comum e todos estão sujeitos a senti-la. No entanto, a ansiedade é uma doença subjacente (Que não se manisfesta claramente) somente quando os sentimentos se tornam excessivos, obsessivos e interferirem na vida cotidiana da pessoa, em resumo: ''A Ansiedade é um termo geral para vários distúrbios que causam nervosismo, medo, apreensão e preocupação exagerada. ''
A ansiedade que estou citando é mais do que o comum do qual estamos habituados. Está além da empolgação de ir se apresentar em uma entrevista de emprego ou comparecer no primeiro encontro; Tal circunstância pode se agravar com traumas ou com problemas persistentes na vida de alguém, e os sintomas são duradouros e limitadores, o que atrapalham a vida desta pessoa.
Os principais sintomas que podem acontecer são:
Para ajudar ou se auto-ajudar, é necessário entender esses pontos e procurar conversar ou se entender. Procurar as fontes e raízes desta ansiedade e tentar muda-las para amenizar os efeitos. E é para isto que existem os profissionais e pessoas que podem te dar esse suporte durante uma crise.︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀
Conselhos importantes:;
Para aqueles que querem ajudar alguém que sofre com isto, é necessário entender algumas coisas cruciais... E entender em si o que é a Ansiedade e os seus tipos.
1- A coisa mais importante é se ter PACIÊNCIA.~ A pessoa já está sofrendo com diversos pensamentos a mil por hora, mal conseguindo conter as próprias emoções e atos. Tenha cautela ao se referir e agir, qualquer erro pode dar a entender que a pessoa afetada só está incomodando e atrapalhando a vida dos outros (E vai por mim, isso vai piorar em 1000%)
Tente conversar, ajude-a se acalmar, converter os pensamentos negativos. Incentive fazer algo divertido ou diferente, algo que vá distrai-la e alegra-la. Dê amor, carinho e seja compreensivo. Evite Julgar, apontar erros e defeitos.

2- Seja compreensivo.~ Tenha em mente de que aquela pessoa que sofre de ansiedade, não tem controle sobre os próprios pensamentos e emoções. Evite fazer mistério e joguinhos de adivinhação, assim como botar medo ou pressão. Além de ser algo completamente irritante para qualquer um, para um ansioso ele ficará bem mal e aflito. Ex:;
'' Preciso te contar algo, mas só posso contar amanha'' ou ''Estamos atrasados. Se apresse!''
Faça isso e é uma noite que você rouba desta pessoa. Enquanto a você dorme tranquila, o ansioso fica acordado, pensando em tudo que é possível e o impossível para adivinhar o tema do assunto ou se cobrando por ter feito melhor.Então por favor, não faça estas brincadeiras de mal gosto, prometendo e adiando coisas, isso faz um mal que só o ansioso entende.Entenda que nossa cabeça funciona a mil por hora, diferente das demais pessoas:Ex:;
Pessoa normal: ''Ata certo, tenho que fazer isto e pronto..''
Ansioso: Tá eu tenho que fazer isso... Perai, será que eu desliguei o gás? ESSA NÃO, SE A CASA EXPLODIR VAI SER MINHA CULPA, PESSOAS VÃO MORRER E A CULPA SERÁ MINHA. Mas.... Será que eu tranquei a porta?... E SE ALGUÉM INVADIR MINHA CASA E FAZER TAL COISA.
(Vai por mim, isso não vai acabar tão cedo. Então por favor, tenha consciência)

3- NUNCA, SOBRE HIPÓTESE NENHUMA, JULGUE. EVITE TOTALMENTE DAR TRANCOS: Como dito, a sensação de estar incomodando é constante. Pensamos que a pessoa nos abandonará, ou que estamos fazendo mal a ela ou atrapalhando a vida dela, nos sentimos inferiores e sempre estamos nos menosprezando. Há casos que até mesmo, o ansioso termina um relacionamento bacana apenas por pensar que ele é incapaz, que o seu conjunge não o(a) suporta e nem gosta dele(a).
E realmente, há pessoas que julgam.Falam que somos muito complicados, que estamos fazendo drama ou teatro, nos evitam para não ter alguém ''enchendo o saco'', e que nos afastamos por ser pessoas ''falsas''. Houve até comentários na minha vida, de pessoas aconselharem a opção de término de um namoro, pois deduziam que a menina estava distante, que ela estava traindo e estava sendo seca de proposito.
NÃO! Nos isolamos e nos afastamos por achar exatamente que estamos fazendo algum tipo de male. Jamais julgue ou se deixe elevar por opiniões alheias. Tente conversar e entender, não vá se precipitando. No final, se caso isso tenha força, só sofreremos ainda mais.
4- Ouça mais e seja sincero: Se a pessoa finalmente conseguir desabafar, a escute até o fim. E se ela hesitar por medo ou insegurança, acalme-a e prossiga. Na maioria das vezes, elas só querem ser ouvidas e não receber conselhos (A não ser que ele(a) peça). E o mais importante, não finja falsa sinceridade, não dê essa expectativa falsa, além de ser uma ato bem babaca, isso só mostra que no fim, você não estava preocupado e nem interessado em ajudar de fato, que só fez por mera educação.
5- Convide-o(a) para dar uma volta: Se possível no momento, convide-o para uma volta. Caso a pessoa aceite, converse e tente distrai-la e acalma-la, fazer atividades talvez, fazer alguma coisa bacana. Gastar a energia em uma caminhada ajuda bastante (Bom, pelo o menos para mim ajuda)
6- NUNCA, JAMAIS OFEREÇA BEBIDAS ALCOÓLICAS: É serio, em crises a pessoa pode associar a bebida como um escape. AI meu filho, ficará difícil faze-la abandonar.
7- E por ultimo. Não diminua isto: Ansiedade é algo que precisa de atenção, assim como a depressão. É algo que afeta a vida de alguém de forma profunda, sendo motivo de vários suicídios e problemas graves nas famílias. Não a trate como algo banal e sem importância, é algo que precisa de atenção e empatia.
︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀
Conselhos para aqueles que Tem a ansiedade e querem uma mãozinha para amenizar os efeitos ♥
1- Pratique alguma atividade física.Dança, artes marciais, ginastica... Qualquer coisa! Isso, além de dar uma animada e fazer bem para a saúde, ajuda a distrair a mente e ''descontar o estresse''. É um ótimo incentivo.
2- Meditação: Se é algo que me ajudou muito nas minhas crises, é a meditação. Ouvir uma musica calma, controlar a respiração, fechar os olhos e relaxar o corpo. É uma boa pedida e AJUDA muito numa crise.
3- Ouvir musicas favoritas: Como uma ansioso precisa descontar sua energia, desconte dançando ou curtindo uma musica de preferência. Isso ajuda e MUITO, nem que seja necessário repetir a musica diversas vezes ou cantar junto.
4- Mantenha uma alimentação top: Sim, até a comida influência. Evite comidas muito gordurosas em certos horários do dia. Os hormônios podem ser nossos inimigos após alimentação.
5- Desconte em seus Hobbies ou descubra novos Hobbies: Nada melhor do que fazer o que a gente gosta, nestes momentos o Faça! Isso pode ajudar durante uma crise e vai distrair sua mente para focar neste Hobby.
6- Pense ao contrario de tudo!: Se realmente está difícil de suportar a crise e nada está ajudando, Alimente boas sensações. De todos os pensamentos negativos converta para os bons. Ex:;
"'Droga eu teria conseguido se eu tivesse feito tal coisa... Não, eu dei o meu melhor e sei que estão orgulhosos de mim. Vou me esforçar mais para que na próxima eu não comenta o mesmo erro. ''
''Ain... Ela falou tão mal de mim... Por que? O que eu fiz?... Não! Há pessoas que me ama do jeitinho que eu sou, e se essas pessoas que são importantes para mim me amam pelo o que eu sou e amam minha aparência, então eu acredito nelas e que se dane o resto!.
Isso é psicológico, não e deixe levar pelos os próprios julgamentos e não se castigue! ♥
7- Procure se amar e se auto entender, reconheça que todos podem errar, e que errar não é algo ruim. Aprender com os erros é melhor do que aprender com os acertos. Se caso você errar com alguma coisa, não se abale! Se valorize e reconheça que você é incrível e que há pessoas que adoram o eu jeitinho.︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀

Minha experiencia: Sofro de ansiedade, fruto por parte da minha mãe e traumas vindo da época do fundamental/colegial. Meus dias são difíceis e parecem somente piorar. Minha crises são graves e preciso de ajuda na maioria das vezes, tomo medicamentos para ajudar nos sintomas que, muitas vezes, funciona. O sentimento de angustia é algo que realmente machuca, algo que não me dá paz e me faz ter pânico quase por três dias inteiros.
Quando meu namorado está comigo, me ajudando e me dando suporte e amor é algo muito bom. Me sinto muito bem e sinto que melhoro e evoluo demais a cada crise, é importante entender a existência dessas pessoas na nossa vida e de como isso ajuda a evoluir nosso ser. Já fui muito julgada, abandonada, criticada e realmente, são coisas que apenas pioram minha vida. Mas sigo lutando e espero ajudar outras pessoas como eu o aquelas que tem a boa intenção de ajudar estas pessoas.
Enfim, espero que tenham gostado e ter realmente ajudado alguém ♥
submitted by TiaSayu to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 02:40 iamassuregi Segunda chance ok, agora terceira, quarta e quinta ...

Preciso tirar isso do peito kkkkk então isso é longo
Eu conheço uma garota desde a sétima série, hoje tenho 24 anos. Essa garota por muito tempo foi minha amiga, mas sempre meio com vergonha. Kkkk eu não tinha uma boa aparência na época (e em minha defesa todo adolescente é feio) e hoje, olhando para trás, sinto que ela tinha vergonha de mim.
Em 2017 ela me apresentou a um amigo dela. Muito estranho, o cara tinha uns 40 anos e era amigo de uma moça de 21... Um dia fui dormir na casa dela, na época levei o PlayStation e ficamos jogando. Uma das irmãs, que tinha 15 anos aparece, totalmente bêbada. E esse coroa trazendo essa menina. Eu fiquei indignada, pois ela estava muito bêbada mesmo, até vomitou e desmaiou. Eu fechei a cara quando vi isso tudo e só pensava em chamar uma ambulância ou a polícia. Lembro que ele falou algo como: "Ela estava na minha casa com a minha filha, tomou só um pouco" e eu retruquei: "Ela tem quinze anos. Não devia ter tomado nada".
Esse foi o meu primeiro erro. O cara pegou raiva de mim aí.
Enfim, noutro dia fui pra minha casa e segui a minha vida.
Na época da escola éramos um trio: eu, essa garota e outro amigo. Esse moleque não era amigo dela há um tempo.
Outra visita a casa dela e ela me pergunta dele. Eu falo a verdade, que disse que nunca mais queria falar com ela. Tinha morrido pra ele. Volto pra minha casa e quanto estou deitada já, vejo uma ligação. Era o coroa me ligando.
Ele gritou comigo, disse que se fosse para eu falar desse amigo que eu não pisasse mais o pé na casa dela. Queria saber o que ela tinha feito pra ele, e eu apenas respondia: pergunta pra ela!
No dia fiquei morrendo de medo. Depois chorei de raiva. Mandei uma mensagem pra ela, dizendo que precisávamos conversar. No outro dia ela me respondeu, dizendo que iria falar com ele. Depois veio com uma conversa que não podia escolher lado pois não tinha ouvido a ligação para dizer o que cada um disse.
Depois disso me afastei, me ocupei com trabalho. Respondia ela pouco. Meu erro também, devia ter bloqueado nessa época. Também comecei a me arrumar bastante, me cuidar mesmo e a ter encontros kkk (e sim, agora sou bonita)
Ela me chamava para ir na casa dela sempre e dizia: leva o videogame, não tem nada aqui para fazer. Ela mora noutro bairro, muito contramão pra ônibus, então eu andava meia hora com um PS4 mochila, chegava lá morrendo. Eu acabava dormindo lá pois sempre ficava tarde pra voltar. Um dia eu falei pra ela que tava muito zoado para ir, pois estava tendo assalto direto e eu não poderia dormir pois tinha compromisso. Ela disse: então deixa o vídeo game aqui. Depois você busca.
Aí sim eu descobri, ela só queria jogar.
Então fui me afastando, até que ela surgiu meses depois fazendo perguntas sobre esse maldito videogame. Eu não entendo muito, tinha comprado ele no fim de 2016 pois foi uma baita promoção e eu usaria para ver vídeos do YouTube e alguns jogos que eu tinha visto gameplay. Mas por causa do trabalho quem usava mais era a minha família, para assistir. Então eu realmente não sabia responder nada. Foi uma semana de questionamentos até ela me pedir a minha conta da PSN. O coroa tinha dado um videogame para ela. Meu sangue ferveu, e eu disse que não. Ela veio com uma conversinha do tipo: "você não confia em mim?" Eu apenas disse: "sei que você não vai pegar nenhuma informação minha, mas não empresto pra você. Meses sem falar comigo e quando volta quer favores?".
Ela sumiu por três dias e quando voltou disse que não poderíamos mais ser amigas. E começou a escrever um textão. Eu simplesmente dei block e deletei o número. Isso foi no fim de 2018.
Nessa época eu estava meio mal, mudei para um emprego de meio período e fui passando sem comprar muita coisa. Vendi o videogame e resolvi estudar para entrar numa universidade. A situação financeira aqui em casa apertou tanto que eu praticamente sustentei a casa por uns meses com um salário de meio período. Deixei muito currículo mas nem chamavam... Enfim.
No fim de fevereiro desse ano entrei no meu Facebook e tinha várias mensagens dela, das irmãs, pedido para eu mandar mensagem pra ela. Eu sou muito curiosa, então não aguentei. Passei o meu número para a irmã e disse que entrar em contato comigo. Ela falou comigo e pediu desculpas.
E eu aceitei, pois estava numa paz e estava tentando mudar, ver o melhor nas pessoas. Estava muito de boas mesmo.
Ela veio perguntar da minha vida, eu disse que estava estudando e trabalhava algumas horinhas por semana.
Aí ela me pediu uma dicas para estudar pra FUVEST/Enem e acabamos combinando que eu poderia ajudar ela a estudar.
Desde 2019 eu estava muito calma, não me irritava com ninguém e também toda semana tirava um momento pra refletir os pontos da minha personalidade que tinha que melhorar. Mas eu fiz um grande erro: ser gentil não é ser otária. E eu estava sendo uma otária.
Acabou que o corona apareceu e bagunçou a vida de todo mundo, mas continuamos nos falando. Ela comentava lugares que queria ir e eu dizia "ah, depois do corona a gente vai". Acabou que a primeira oportunidade foi esses dias, quando sp começou a permitir que cursos extracurriculares voltassem. Decidi que iria fazer um curso de japonês, pois estava meio deprimida e queria algo para ocupar a cabeça. Chamei ela para dar uma olhada comigo na unidade da escola.
Eu já tinha comentado com ela que estava ficando bem ocupada recentemente, então podia ser que eu esquecesse de ver as mensagens. Falei pra ela que sábado ficaria fazendo um trabalho. Então sábado de manhã fomos ao curso de japonês e quando voltamos ela se convidou para ir na minha casa. Eu, por causa de estar ocupada e cansada, não queria ninguém aqui, então só disse que outro dia a gente marcava.
Depois disso ela nunca mais de respondeu. Ela tinha parado de falar com o coroa quando voltou a falar comigo, mas deve ter voltado.
Essa novela é tão grande e ruim que vou acrescentar uns detalhes aqui:
O que eu aprendi de tudo isso? Não fique perto de quem faz mal pra você. Seja gentil, mas não seja besta.
submitted by iamassuregi to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 03:50 sableyeet Como fui parar na diretoria por causa de um bambu.

Olá Lubinha, editores, possível convidado, gatas, papelões, senhoras, senhores, moços, moças e moçes!!! Essa é uma história meio merda de uma treta minha, espero q gostem.
Era o sexto ano, eu era nova na escola (primeiro ano que estudava nela), não tinha amigos e sofria um pouco de bullying. As meninas normalmente implicavam com a minha altura, tenho 14 anos agora e quase 1,80 então sou bem alta pra minha idade, e com o meu peso.
Nunca fui muito confiante comigo mesma já que também sofri bullying extremo na minha antiga eacola (com direito a ganhar a votação sobre pessoas mais odiada e não encostarem em um lugar q eu toquei). Enfim, eu tinha colocado na cabeça de que aquele ano seria perfeito, já que estava em uma escola nova e iniciando uma era nova na minha vida.
Eu acabei ficando próxima de uma menina, pra não expor ela vamos chama-la de Mads.
A Mads era muito legal, parecia ser a amiga perfeita pra mim mas algumas coisas começaram a acontecer, como eu mencionei antes, eu sou meio gorda, isso era um problema enorme pra Mads. Ela chegou a falar pra mim pra comer e enfiar o dedo na goela pra emagrecer (nunca fiz) e que pra eu ser aceita, eu teria q ficar com um dos garotos "populares" (hoje me descobri lésbica KKKK).
Eu não entendia o por que dela agir assim, pra mim, os amigos deveriam me amar do jeito que eu era. Ela só queria o melhor para mim, certo? Não seria tão ruim...
O tempo passou e ela se afastou de mim, eu lanchava todo dia sozinha já que não tinha amigos. Tentava fazer a Mads voltar a falar comigo mas nada nunca funcionava.
Nós tínhamos uma professora de música que fazia trabalhos muito estranhos, como colher e bambu. O nosso trabalho era fazer uma sequência de batimentos com o bambu, enquanto estávamos na quadra esperando a professora arrumar, cada um segurava um bambu enorme e pesado, o meu estava meio inclinado (GUARDE ISSO).
A Mads começou a encher meu saco, e eu nem sequer piscava o olho, só ignorava ela. Até ela falar algo que eu não me lembro agora e eu virar com tudo pra mandar ela calar a boca e...
POW
Advinha, eu acabei batendo (SEM QUERER) o bambu nela...
Ela começou a chorar falando que eu fiz por querer e a professora nos botou pra fora, esperamos o coordenador (que eu amo) vir e ele nos levou pra conversar.
Na sala dele, ela começou a me acusar falando que eu era horrível e que eu bati nela e bla bla bla. Como eu não sou boba nem nada, virei e falei:
O coordenador arregalou o olho e virou pra ela, falando o que decepcionado estava por ela ter feito uma coisa assim, por que eu era tranquila e uma pessoa boa.
KKKKKK enfim, quem levou mais bronca foi ela e eu fiquei de boas vendo ela sofrer.
Ela acabou saindo da escola ano seguinte mas voltou no nono, tentou agir toda minha amiga mas depois parou, acho que por que eu era meio fria com ela.
E o coordenador continua trabalhando na escola e toda vez que me vê, me abraça. Amo esse homem.
É isto, espero que tenha gostado <3
submitted by sableyeet to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.14 13:44 JustCallMeLyraM8 GT DA BROTHERAGEM

GT DA BROTHERAGEM
/cc/
>eu tenho um amigo bem próximo
>amigo não
>ele é tipo um irmão
>amo aquele filho da puta
>vamos chamar ele de Maicão
>nos conhecemos no jardim da infância
>dividíamos o todynho e o biscoito passatempo no recreio
>bolachaéocaraio.mp3
>estudamos na mesma turma até a quinta série quando os pais dele se mudaram pra longe da escola
>ele continuava morando na mesma cidade, mas tava numa escola diferente
>ainda assim nos víamos todos os fins de semana
>nossas famílias se tornaram amigas também
>tudo era um mar de rosas até o final de 2004
>ano 2005
>entra uma aluna nova na minha turma
>o nome dela era Thais
>lembro como se fosse ontem do momento em que ela entrou na sala
>tudo parecia ter ficado em câmera lenta
>o sol batia nela
>o ventilador soprou seus cabelos
>ela marchava como uma égua manga larga do trote formoso
>paudureci naquele exato momento
>o foda é que eu tava em pé naquela hora e a primeira aula era de educação física
>short.gif
>todo mundo da sala começa a rir de mim e a gritar
>me chamaram de pau retrátil porque foi só a menina aparecer que ele subiu
>morri de vergonha naquela hora
>sentei na cadeira e pus a mochila no meu colo
>eu só queria sumir
>até a professora riu
>mas a Thais não
>ela sentou atrás de mim e disse pra eu não ligar pra eles e que eu ficava lindo com vergonha
>caraio vei não pude acreditar
>eu era tão tímido que pedi pra ir no banheiro na mesma hora e fiquei trancado lá até a hora do recreio
>quando o recreio chegou eu pus o dedo na goela na frente da sala dos professores
>acho que vomitei até meu intestino naquela hora
>comecei a dizer que tava passando mal
>os professores me liberaram da escola e fui pra casa mais cedo
>chego em casa e passo a tarde toda tendo fantasias masturbatórias com a Thais
>eu era tão beta quanto aqueles peixes de briga
>quando a noite chega eu corro pra casa do Maicão
>conto tudo pra ele feliz da vida
>Maicão fica feliz por mim
>brodagem.rar
>segue o jogo
>durante o resto do ano eu iria me aproximar cada vez mais da Thais e me afastar cada vez do Maicão
>ele dizia que ela tava me afastando dele mas eu discordava
>dizia que era coisa da cabeça dele
>o tempo passa
>a Thais é promovida à pitanguinha e a distância entre mim e meu brother ia aumentando cada vez mais
>um dia briguei feio com o Maicão quando ele disse que ela tava cmg só por conta do meu dinheiro
>eu não era rico, mas da escola eu era o mais bem de vida
>meu pai era o único que não tava preso e não trabalhava com drogas
>minha mãe não trabalhava na zona
>zoas ela trabalhava sim
>ela agenciava a tua mãe, aquela puta boqueteira
>zoas de novo, minha mãe era artista plástica
>um dia eu acabo falando pra Thais que o Maicão tava se sentindo escanteado
>ela começa a me dizer que era inveja do nosso relacionamento e que ele só queria nos separar
>acabo dando ouvidos a ela e brigando feio com ele
>putaquepariuqueburrice
>nunca devia ter dado ouvidos à ela
>foco no gt
>paro de falar com o Maicão e cada vez mais me entrego pra a Thais
>toda semana era cinema
>lanche na Mc Donald’s
>roupa na Marisa
>minha mesada começou a ser exclusivamente dela
>um belo dia recebo uma mensagem do Maicão dizendo que a Thais tava me traindo
>respondi mandando ele tomar no cu
>ja faziam uns 5 meses que eu não falava com ele e do nothing ele vinha com um papo desses
>ele disse que eu devia ficar atento aos sinais
>não dou a foda pro que ele diz e continuo o namoro
>na semana seguinte vejo ela com uma marca roxa no pescoço
>ela diz que tinha caído da escada
>eu disse que acreditei mas fiquei desconfiado
>nada me tirava da cabeça oq o Maicão tinha me dito
>procuro ele e conto oq aconteceu
>diferente de mim ele não era um filho da puta
>Maicão me ove e depois me conta tudo que sabia
>a Thais tinha vindo da escola em que ele estudava
>ela era conhecida como viúva negra na escola
>ela se prendia à um macho e sugava tudo dele até ele não ter mais nada
>sim, ela tmb sugava o pau
>não, ela não tinha sugado o meu ainda
>Maicão continua a história dizendo que tinha visto ela saindo da casa de um carinha que morava no mesmo bairro dele
>até aí não vi nada demais
>mas ele me disse que ela tinha dado um beijo na boca do cara na saída e quando virou de costas o cara deu um tapa na bunda dela
>ÉOQ?!
>aquela vadia não tinha nem sequer me deixado pegar na bunda dela ainda
>dizia que era só depois do casamento
>eu era beta betoso full +15
>ela me levava pra igreja todo domingo
>acreditava nela sem questionar
>caio no choro e o Maicão me consolou
>disse que eu não tava sendo um bom amigo mas que ele nunca deixou de me ter como irmão
>bolamos desmascarar ela juntos
>ela ia pra casa dele toda sexta de noite
>realizo que era a hora que a mãe dela saía de casa pra ir pro culto de oração da igreja
>caraio_como_sou_burro.jpeg
>chifre.rar
>no dia seguinte falo com a Thais como se nada tivesse acontecido
>ela diz que me ama
>digo que amo ela tmb
>caraio, eu queria matar ela ali naquela hora
>mas amava aquela desgraçada
>feelsbad.png
>sexta feira
>19h
>tava com o Maicão escondido na rua da casa dela
>avistamos a mãe dela saindo de casa
>corremos pra mãe e contamos a história
>mãe não acredita, mas topa ir com agnt até a casa do talarico
>19:30h
>Thais sai de casa com um short enfiado no cu
>pqp pra quê enfiar tanto ssaporra?
>tava tão fundo que ela devia ta sentindo do gosto dele
>seguimos ela de longe
>a vadia entra na casa do moleque
>nessa hora a mãe dela já queria matar ela, mas eu fiz ela esperar
>entrei dando um chutão na porta da frente
>queria pegar ela com a boca na botija
>e consegui
>infelizmente a botija em questão era a rola do cara
>ela tava engolindo o pau daquele moleque com uma facilidade absurda
>nem sua mãe consegue engolir minha piroca tão fácil
>foco no gt
>Thais leva um susto tão grande na hora que morde o pau do cara
>num ato reflexo por conta da dor o cara da um murro na cara de Thais
>ela cai no chão
>a mãe dela comeca a bater nela com uma havaianas e depois começa a arrastar ela pelos cabelos pra fora de casa
>a Thais é arrastada pela rua até chegar em casa
>racho o bico com a cena como mil hienas comemorando a morte do Mufasa
>peço perdão pro Maicão pela cagada que fiz
>Maicão diz que fui um idiota, mas que era o irmão dele e que nada iria nos separar
>dois dias depois Thais chega na escola toda roxa
>tinha apanhado tanto que o conselho tutelar tirou a guarda dela da mãe
>ela chega perto e diz que quer falar CMG
>ignoro
>ela me puxa pelo braço, olha no meu olho e diz:
>como vc descobriu?
>digo que o Maicão me contou tudo
>ela diz que vai pra um orfanato hoje. Só foi na escola buscar sua transferência.
>Kkkkkjkkjjjk
>ela diz que eu posso rir agora, mas quem ri por último ri melhor. Disse também que nunca iria esquecer aquilo e que o Maicão iria pagar por ser x9
>puxo meu braço, dou as costas e vou embora
>ano 2016
>terminei a escola e faço faculdade
>Maicão faz o mesmo curso que eu e estudamos na mesma turma novamente
>full brothers +15
>desde o episódio com a Thais nunca mais tínhamos brigado
>trabalhávamos, tínhamos nossa independência
>tudo ia bem até recebermos o convite para uma festa que rolaria naquela noite
>eu e o Maicão dividiamos o apartamento agora
>o convite veio por baixo da porta dentro de um envelope
>open_bar.jpeg
>o envelope vinha com 2 pulseiras
>as pulseiras davam acesso à área vip da festa onde rolaria os alcoolismo
>ficamos relutante por um momento até abrirmos a carta
>a carta tava endereçada à mim e ao Maicão
>era uma letra de mulher
>não tinha muita informação só dizia que não deviamos perder a festa por nada e que lá tudo seria explicado
>não tinhamos nada à fazer então topamos
>22h
>party.time.jpeg
>logo de cara fomos recebidos por duas loiras peitudas que estavam de camisa branca
>ambas estavam dançando na entrada da festa enquanto se molhavam com uma mangueira
>séélococuzão.rar
>a festa tinha uma proporção de 4 depósitos para cada homem
>a cada dois homens, um era gay
>era tipo o plenário da câmara dos deputados só que ao contrário
>quando entramos no salão principal todo mundo virou pra a gente
>tipo aquela cena do universidade monstro
>as depósitos cochichavam entre elas
>pensamos que tinha algo errado conosco mas a vdd é que éramos os caras mais lindos dali
>na vdd nem éramos isso tudo, mas tínhamos rola e éramos heterossexuais
>feelsalpha.png
>fomos andando até a área vip
>a decoração da festa era cheia de fotos de uma depósito
>era uma ruiva 10/10
>a festa devia ser dela
>tive a impressão que ja tinha visto ela em algum lugar
>áreavip.gif
>a área vip era lotada de bebidas
>não tinha uma depósito abaixo de 8/10
>no buffet tinha camarão e lagosta
>mano do céu era a festa mais foda que eu ja tinha ido
>quando olho pro lado ta o Maicão atracado com uma mina
>dois minutos depois a mina larga ele e agarra outra mina
>ÉOQ?!
>aquilo tava parecendo um bacanal grego
>uma coisa no entanto me incomodava
>quem teria nos convidado?
>avisto a anfitriã da festa, aquela ruiva 10/10
>ela se aproxima de mim lentamente
>mano do céu, paudureci na hora
>só conseguia imaginar eu enfiando o pau tão fundo nela que quando eu terminasse ia ta na camada do pré-sal
>a calça aperta e ela percebe que estou preparado para o abate
>fico sem graça e tento disfarçar
>ela vem por trás de mim, ri e diz que eu fico lindo com vergonha
>gelei na hora
>caraio, era a Thais - pensei
>pergunto se ela era a Thais
>ela ri e me chama de idiota.
>diz que seu nome é Raquel
>caraio, ela nao tinha nada a ver com a Thais
>errei feio, errei rude
>pensei que tivesse estragado minha chance
>raciocinando com a destreza de um crackudo na fissura e digo:
>é porque thaislinda com essa roupa
>ela ri, eu rio, segue o jogo
>nessas horas eu nem sabia mais que existia um Maicão
>só pensava em mergulhar naquelas tetas magníficas
>na boa, se ela fosse minha mãe eu mamaria até hj
>quando olho pro lado o Maicão tava agarrado com duas ao mesmo tempo
>bodyshot.gif
>caraio o Maicão tava levando uma surra de peito na cara enquanto bebia e eu no 0x0
>me aproximo da ruiva já na maldade
>ela chega do meu lado
>põe a mão no meu ombro e fala na minha orelha direita:
>quem é esse teu amigo?
>poooooooooooorra.mp3
>o moleque ja tinha catado duas e agora ia catar a ruiva
>tive vontade de mandar ela se fuder, mas ele era meu brother, não podia prejudicar ele
>nenhuma depósito ficaria entre nós
>não deu nem 10 minutos do momento que disse o nome dele pra ela e ela ja tava agarrada nele
>a ruiva chupava a língua dele como se fosse o último picolé do verão
>avisto uma depósito 9/10 dançando sozinha
>penso em me aproximar, mas antes que eu chegue a ruiva puxa ela e põe na roda com o Maicão
>ja não entendia mais nada
>eu sempre pegava as depósitos +/10 do que ele e agora ele tava numa orgia de bocas e eu sem nada
>começo a beber
>realizo que ta na hora de baixar as expectativas
>avisto uma ananzinha 5/5 escorada no balcão
>me aproximo dela e pergunto se o pai dela era padeiro
>ela pergunta se era pq ela era um sonho
>eu digo que era pq eu queria comer a rosca dela
>sério que anã rabuda do carai
>a anã me dá um tapão e sai de perto
>vsf que festa merda do carai
>comecei a beber descontroladamente pra compensar a frustração
>dou em cima da garçonete
>a garçonete era uma trans
>ela me esnoba e vai embora
>vômito.rar
>caraio nem a mulher com rola me quis
>decido que hoje não é meu dia e que ta na hora de voltar pra casa
>procuro o Maicão pra ir embora cmg
>vejo ele entrando no carro com duas 1,5 depósitos
>pensei que ele tivesse indo pra um motel ou algo do tipo
>ele tava de mãos dadas com a ruiva e com a anã 5/5
>a ruiva olha pra mim, da uma risada e depois um xauzinho
>caraio que raiva daquela ruiva
>me esnobou e agora vai dar pro meu brother
>faço sinal pro Maicão que vou embora
>ele grita “Oklahoma”
>era nosso sinal secreto
>significava que ele ia realizar o ato de socação intra uterina e que eu não deveria incomoda-lo
>entendo o recado, dou meia volta e volto pra casa
>chegando em casa
>tudo girava por conta do álcool
>brinco um pouco com o o Visconde de Sabugosa até ele cuspir
>durmo
>no dia seguinte acordo com dor de cabeça, deitado no sofá
>percebo que tinham 537272717 chamadas não atendidas no meu celular
>todas do Maicão
>imagino todas as desgraças do mundo
>comeco a ligar de volta mas ele nao atende
>recebo uma ligação de um número desconhecido no meu celular
>é uma mulher
>ela ria descontroladamente
>disse que estava na festa o tempo todo me observando
>pergunta se a noite foi boa e se eu peguei alguém
>mando ela tomar no cu e digo que peguei a mãe dela
>ela racha o bico e diz que é impossível pq a mãe dela foi a primeira a pagar oq devia
>gelei na hora
>reconheci a voz
>era a Thais
>ela começa a contar seu plano do mal
>diz que foi parar num orfanato depois daquele episódio
>que apanhou muito da família onde foi parar mas a família era podre de rica
>a família produzia festas tipo o tomorrowland
>viajaram pra fora do país e levaram ela junto
>disse que por muito tempo quis se vingar mas a família não dava a foda
>dois meses atrás a família tinha morrido num acidente de carro e ela ficou como única herdeira
>ela pôs como meta de vida concluir a vingança que passou anos arquitetando
>disse que a festa foi planejada por ela
>que todas as depósitos da área vip foram contratadas por ela baseadas no meu tipo de mulher
>pergunta como me senti não pegando ngm e vendo o meu “amiguinho” catando todas
>respondo que a vingança dela era uma merda e que tava feliz pelo meu brother
>ela racha o bico e diz que a vingança dela não era me deixar sem pegar ngm
>ela queria se vingar dele por ele ter dedurado ela
>pergunto qual vingança há em encher a rola dele de depósito
>você verá - ela me disse
>desligo o espertofone e percebo que chegou uma mensagem do Maicão no oqueapp
>faz uma semana que o Maicão toma mais coquetel que o Amaury Jr.
pica relatada da mensagem
https://preview.redd.it/9o5g9y8ep3n51.jpg?width=1080&format=pjpg&auto=webp&s=3dbefd7c59d10e7b40b9168ddac79176762f8591
submitted by JustCallMeLyraM8 to gtsdezbarradez [link] [comments]


2020.09.14 06:09 _JoTamSoAreS Homens, parem com a pornografia. Se não for pelo ideológico, que seja pelo psicológico.

Estou escrevendo esse relatinho (ou seria um relatão?) sobre como o vício em pornografia que tive atrapalha meu desempenho sexual até hoje. Se eu pudesse, proibia essa merda. Ninguém merece não conseguir transar por culpa de xvideos.
Obs: caso esteja de saco cheio do textão ou não queria saber dele, vá direto para a conclusão no antepenúltimo parágrafo.

Eu (homem hétero) assisti pornô por um bom tempo da minha vida (arredondemos de desde dos 12/13 até os 17/18) de forma bem intensa e sempre acompanhado de masturbação.
Quando mais novo, lá pelos 12/14 anos eu era um taradinho, ficava com ereção por qualquer coisa, desde ver alguém com pouca roupa na novela até abraçar as amigas na escola. Mas a partir dos 15/16 anos toda essa ereção e energia em mim foi sumindo, eu praticamente não ficava mais de pau duro sem ser com um pornozão na minha frente.
Ainda virgem, com 16 anos, comecei a ficar com uma menina e ela nunca conseguiu me deixar de pau duro... Já aconteceu de termos entrado em banheiro de festa pra se pegar, aconteceu de também termos entrado em quarto sozinho pra se pegar e nada. Eu comecei a ficar preocupado: um, por eu querer perder logo a virgindade e estar perdendo chances; dois, por ter ido de 80 a 8 em termos de excitação. Conclusão, paramos de ficar e continuei virgem. Comecei a ficar inseguro em relação a minha capacidade ou não de ter ereção na vida real (fora do pornô).
Na viagem de formatura da escola ocorreu de eu conseguir ir para o quarto com uma menina, tentamos transar mas eu não consegui... coloquei culpa no álcool (realmente eu estava bêbado, mas no fundo eu sabia que mesmo sóbrio a história seria a mesma).
Aos 17 aconteceu de eu conseguir perder a virgindade com uma menina que conseguiu me deixar duro e etc. Mas mesmo assim, essa falta de ereção natural foi me preocupando e virando insegurança - lembrando que eu seguia assistindo e me masturbando com o pornô, com ele eu conseguia alcançar a ereção máxima (o que mostrava que não era um problema fisiológico, era psicológico). Sempre nas festinhas da época de escola quando eu ia beijar alguma menina eu me sentia envergonhado e frouxo (desculpem-me se estou sendo machista ou qualquer outra coisa, mas eu me sentia assim por não conseguir mostrar que eu estava gostando, simbolicamente representado pela ereção. Eu me sentia um morto um saco vazio, uma coisa passiva) de não ficar duro durante a pegação, pior era quando elas tentavam colocar a mão lá e nada encontravam... Enquanto isso, eu via meus amigos levando gente para o banheiro para usar o que deles funcionava.
Terminando a escola e indo para o cursinho, eu tinha transado apenas com duas pessoas, mas já tinha perdido e viria a perder mais algumas chances. Contando agora de cabeça, eu consegui perder a chance de ter transado com 4 meninas até agora em toda minha vida por conta de eu não ter conseguido ficar duro. Isso me dá insegurança e eu tenho certeza que foi por conta do pornô, porque enquanto isso eu seguia ficando durasso assistindo. Aproveitei a época de cursinho para tentar parar mas não consegui totalmente, é um vício.
Nessa época também eu fui atrás de um urologista. Aproveitando a primeira vez passando com um desses médicos (todos que tiverem a oportunidade, vão (não sei se esse é o imperativo de ir, desculpe) pelo menos uma vez) eu comentei sobre esse meu probleminha. O doutor depois de me examinar disse que eu era totalmente saudável e falou para eu tomar cuidado com o psicológico e me deu umas dicas para a hora do 'vamo ver': de não ficar pensando muito na hora etc. Eu não comentei meu vício em pornografia por vergonha.
Entrando esse ano na faculdade a insegurança e o medo de seguir não conseguindo ficar duro quando precisa, me deixou ansioso. Antes, eu dificultava bastante chegar na hora do sexo quando eu ficava com alguém, e fiquei com medo de agora na faculdade seguir broxando e ficar com algum apelido ou ser zoado mesmo. Porém, mesmo com quarentena (estou morando com mais um amigo em um prédio cheio de gente da mesma faculdade) eu consegui transar. No meio daquela carência de confinamento, consegui um contatinho do prédio, ela veio em casa, ficamos e eu broxei outra vez. Eu procuro não desesperar ou desabar quando as coisas dão merda ou sempre dão merda. Procuro manter a calma, mas eu broxei outra vez. Eu fiquei em dúvida se ela iria querer vir outra vez ou se eu falava desse meu 'problema' pra ela (vai que ela ficasse sentida e me ajudasse dando outra chance, ou tendo mais calma comigo na hora), foi o que fiz. Comentei com ela que isso acontecia regularmente e pedi pra ela me ajudar (começo de intimidade/cara de pau). Resumidamente: ela disse que iria me ajudar (uma fofa) e foi de novo em casa e conseguimos (uma preliminar bem feita é tudo) ela me deixou bem duro, já que se fosse a clássica meia bomba não iria dar, ela é muito apertada.
Ao mesmo tempo, eu consegui ir pra cama com outra menina do prédio (sim, a quarentena não tá sendo de cada AP, tá sendo do prédio inteiro junto). Mesmo bêbado ela conseguiu me deixar meia bomba (bem meia) e a penetração rolou (importância da preliminaela não era tão apertada como a anterior). Aconteceu outra vez com essa segunda menina, não sei como ela quis uma segunda vez com um cara praticamente broxa (fica a dica para os amigos com o mesmo problema: compensem em outras coisas).
Toda essa história foi para: o pornô fudeu o jeito que meu corpo interpreta a excitação. Eu consigo ficar excitado, me sinto excitado, mas eu não consigo externar isso como alguém do sexo masculino faz, ficando com ereção. Foram pouquíssimos sexos na minha vida que eu fiz estando com uma ereção forte, assim como aquela que eu ficava na frente do computador. Eu diminui drasticamente a quantidade de pornô na minha vida e está praticamente zero. Masturbação apenas com o pensamento como ajuda. Não se viciem nisso, vocês vão ficar dependente do pornô para ter um prazer de verdade. Nenhum pornô, assistir nenhuma atriz numa tela, gostosa que seja, é melhor do que tocar o corpo de uma mulher, ser tocado por ela e ouvir o prazer que você consegue dar.
Sigo tentando vencer esse problema (que claramente é psicológico) cortar o pornô é um passo e tanto.
Irmãos, tomem cuidado com isso. É algo realmente tóxico e dá sequela.
Fiquem bem.
submitted by _JoTamSoAreS to sexualidade [link] [comments]


2020.09.10 23:51 Helamaa 😳👉🏻👈🏻

a carência tá imoral e eu tô procurando uma namoradinha, se vcs conhecerem alguma mina que tenha esses requisitos, me avisem redpillada channer, dogoleira, wgtow, ancap, , jogadora de poker, bv, virgem, sem amigos, crente, fã da UDR,magrela, footlet,escuta Chico Buarque, weeabo, hikkimori, otaku, gameri, hetero,federal,trader de bitcoin,hacker, defacer, cubista, penspinner, recordista de memorização de baralhos, timida, mãe de pet, hidratada, não consumidora de açucar, saudável, youtuber, netolover, pooper, cambista, shitposter, anarquista, materialista, roquista, travesquista, mono talon vlogger, blogueira, e-girl, intolerante a lactose, intolerante a gluten, grinder e hipnóloga, fiel, niilista existencialista, metaleira, headbanguer, pelo no suvaco, patriota, masoquista, ballbuster, jogadora de minecraft, buceta fedida, que não tenha medo de chuta minhas bolas pelo amor de deus eu nao consigo encontrar uma menina pra chutar minhas bolas por favor deus eu imploro nao agusnto mais isso nao eh um meme porque voces tem medo de me chutar no saco. Raça: nórdica Altura: 170cm+ Pele: 1 ou 2 (Fitzpatrick) Olhos: 7+ (Martin) Cabelos: qualquer cor, mas apenas lisos ou ondulados (FIA) Nariz: reto ou virado para cima Crânio: dolico ou mesocefálico Óculos: não Aparelhos: não Queixo furado: não Covinhas: não Orelha presa: não Orelha de abano: não Franja em V: não Pelos no corpo: muito pouco Tatuagem: não Graduação: apenas cursos voltados à pesquisa Faculdade: apenas bem conceituadas Habilidades matemáticas: sim Idiomas: fluência em inglês e mais outro idioma Álcool, cigarro, drogas: não, nenhum Personalidade: introversão Cultura: europeia ocidental RELIGIÃO: Cristã Ortodoxa Gostar de escutar rogério skylab:
Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab. O humor é extremamente sutil e, sem uma compreensão sólida de filosofia moderna, a maioria das piadas vai passar despercebida pelo telespectador médio. Há também a visão niilista de Rogério, que está habilmente tecida em sua caracterização - sua filosofia pessoal se baseia fortemente na literatura de Nododaya Volya, por exemplo. Os fãs entendem essas coisas; eles têm a capacidade intelectual para realmente apreciar a profundidade dessas piadas, para perceber que elas não são apenas engraçadas - elas dizem algo profundo sobre a VIDA. Como conseqüência, as pessoas que não gostam de Rogério Skylab são verdadeiros idiotas - é claro que eles não apreciariam, por exemplo, o humor no bordão existencial de Rogério "Chico Xavier é viado e Roberto Carlos tem perna de pau", que é uma referência criptíca para o épico Pais e Filhos do russo Turgenev. Estou sorrindo agora mesmo imaginando um desses coitados simplistas coçando a cabeça em confusão enquanto as músicas se desenrolam na tela de seu computador. Que tolos… como eu tenho pena deles. E sim, a propósito, eu tenho uma tatuagem do Rogério Skylab. E não, você não pode vê-la. É só para os olhos das damas. E mesmo elas, precisam demonstrar de antemão que possuem um QI com diferença absoluta de no máximo 5 pontos do meu (de preferência para baixo).
Rotina, Habitos e interesses: Nofap + Banho Gelado + comer carne crua + comer virado pra parede + biohack + dormir no chão + Jordan Peterson + mewing + HBD + PUA + jelq + dormir 5 horas por dia + café gelado sem açúcar + hipismo + compilação mitadas Enéas + alho cru + podcast do Joe Rogan + redpill + Brain Force + Jejum + meditação iasd + músicas para concentração, foco e inteligência + teste de QI da internet + grupos de linhagem viking do facebook + ficar longe do poste de internet 4G + youtube do varg vikernes + essência de morango da turma da mônica no narguilé + jogar vape na cara de todo mundo que tentar entrar no bloco da faculdade + 5 segundos de calistenia no deserto do atacama + darkcel + óculos do aécio na foto de perfil + ler quotes do nietzsche no brainy quote + criar galinha no quarto sem os pais saberem + Alho cru + uma colher de azeite quando acorda e outra antes de dormir + jejum de 24hrs a cada 72hrs + assistir VT no premiere logo que chega do estádio + canal Ultras World + LibreFighting + Operation Werewolf + comprar os artigos do Paul Waggener + Centhurion METHOD + humilliation exposure com a finalidade de criar uma crosta na sua mente capaz de desenvolver uma resiliência que resiste à humilhação como se ela fosse nada + tomar banho descalço em chuveiro de academia com chão mijado + musculação caseira + hackear o sono + Empreender + 10 livros de auto ajuda por mês + PUA + Selo super fã da fúria e tradição + Biokinesis + 432hz music + Mexer o pau sem piscar o cú + meditação transcendental + veganismo + minoxidil para cultivar uma barba + filmografia Jason Stataham + assistir vikings + redpill + ir no cinema sozinho + treino saitama + coach quântico + enema de café + dieta lair ribeiro + agua alcalina + O Método de Wim Hof + sabedoria hiperbórea + artigos da Nova Resistência + Biblioteca do Dídimo Matos + dormir virado pra patede assoviando no escuro pra espantar o curupira + dar 3 pulinhos toda vez que levantar da cama + dizer amém quando um 1113 azul passar por você na rua + 100 flexões por dia + 6 meses de jelq + injaculação guiada + sociedade thule + energia vril + chapéu de alumínio para se proteger das armas psicotronicas emitidas pela CIA + caderno de anotações smiliguido + pedir a bênção ao carteiro toda segunda de manhã + 3 horas de academia + 4 horas de corrida + mascar café + exercícios penianos do Dr. Rey + maratona saga Rocky + trilha sonora saga Rocky + trilogia Mercenários + filmes do Jason Statham + assoviar o hino do Palmeiras de ponta-cabeça + intro do Canal do Nicola em loop + palestras do Antonio Conte + vídeos do Rodrigo Baltar + dicas do Gustavo Gambit + aulas de italiano + dormir ouvindo Ultraje a Rigor + ler Walden pelado na mata atlântica de madrugada + ouvir músicas em velocidade aumentada + canto gregoriano árabe + ensinar hino do botafogo pra calopsita + fritar comida com banha de porco + assistir videos de situaçoes de risco com a finalidade de se preparar para o perigo + Terapia Holistica com formandos da UFPR no Jardim Botânico + Radiestesia para harmonizar vibração da casa + Metatron 432HZ no YouTube entoando a oração EU SOU + ler O Código da Vinci + Jesus Quântico + Barra Fixa na praça de madrugada escutando audiolivro do Jordan Peterson na voz do cara dos Fatos Desconhecidos + grupo POPEYE AFIANDO A PIKA + MyInstants AEEE KASINAO + Memes do Fausto Silva + ler O Evangelho dos Animais + stories do Copini no Instagram + Canal SocialGames7 com Gustavo Gambit e CIA + textos de Raphael Machado (Nova Resistência) + ser ex-membro do grupo Comunismo Ortodoxo + Monja Coen + Fazer origami com papel do bis + perder dinheiro com maquina de pegar ursinho + fumar palheiro com o avô + quebrar palito de dente no meio depois que usar + rezar Pai Nosso em aramaico + tentar se comunicar com o ashtar sheran + virar catequista e passar Plínio Salgado para as crianças + Limpeza de 21 dias de São Miguel Arcanjo + arrancar a fimose comendo cu apertado de galinha caipira + Regata branca WifeBeater com calça jeans clara e bota marrom + Ingressar na legiao estrangeira + Comprar toras de eucalipto pra reproduzir o centurion method mas nunca começar o treinamento + vender máquina de cartão de crédito + ler os escritos do Unabomber + Escutar a discografia do Paul Waggener + ler todos os livros do Pavel Tsatsouline + ouvir rap eslavo de cunho político suspeito + café com um cubo de manteiga dentro precedendo a primeira refeição do dia + beber 2L de leite por dia + Stronglifts 5x5 + Dieta Cetogênica + Canal Jason PROJETO GIGA + Cd do TRETA + comprar torre de chopp no prensadão + 2 cápsulas de Tadalafellas antes do sexo + só comprar comida japonesa importada pra dieta + comer arroz sem sal com peixe cru sem tempero enrolado em folha do fundo do mar + memes da página Dollynho Puritano + Deus Vult na capa do Facebook + acessar o dogolachan pelo computador da escola pra postar fanfic gay do Gilberto Barros + Trollar atendentes do mcdonalds no habbo hotel + ligar para o Motel Astúrias perguntar quando custa a bolacha Bauducco que aparece no site + Mandar entregar pizza na Rua dos Tamoios casa n°18 com portão vermelho + cosplay de russo no Omegle pedindo pra mostrarem a bunda + Dormir imaginando uma linha pra fazer viagem astral + recitar Homero pra mendigo + tomar antibiótico no café da manhã + Meditar imaginando o raio de luz violeta que representa a energia transmutadora + Workshop Reiki do Canal Luz da Serra MULHERES TERRAPLANISTAS RALEM.
Primeiro de tudo! Vai tomar no cu, MULHERES terraplanistas! Junto com todas que me contrariaram nos últimos meses falando "dur hur você não sabe nada de paleontologia, vai assistir seus desenhos filipinos e não encha o saco". TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! LERAM DIREITO? TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! A farsa ficou tão óbvia, que eles não tem mais como esconder que TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! Alguns mais penas, outros menos penas, MAS TODOS TEM. E aproveitando no mesmo vídeo, NÃO TEVE METEORO PORRA NENHUMA! Provavelmente as mudanças climáticas naturais, junto com a separação gradual dos continentes, é que extinguiu a mega-flora e a mega-fauna. E se teve algum meteoro, apenas acelerou o processo em uma região muito especifica. Agora só falta as ((especialistas)) e a (((Academia))) admitir que dinossauros nunca existiram e que foi tudo um erro grotesco de interpretação de pessoas que não sabiam que caralhos eram aqueles esqueletos. São apenas aves e mamíferos ancestrais de milhões de anos atrás. E antes que eu me esqueça, vai todo mundo que me contrariou tomar no cu!
GOSTAR DE MIM POR QUEM EU SOU E NAO PELA MINHA APARENCIA
Sério, de verdade, ser uma pessoa bonita não é fácil em nossa sociedade atual; não é só os olhares de desejo das mulheres e dos homens que me incomoda, e sim, o fato de ser só isso para as pessoas. Sou muito mais que apenas um cara bonito. Tenho qualidades além dessas, e saber que as pessoas não ligam para elas, pois estão entorpecidas de anseio pela minha formosura, me entristece muito.
Não suporto mais ser bonito. Tudo que eu queria era poder nascer de novo num corpo de uma pessoa feia, pois sério, vocês não sabem como me dói saber que por culpa de algo que nasceu em mim (a incrível beleza), serei rotulado eternamente por isso.
Eu trabalho, estudo, procuro, conheço, aprendo! Sou um ser-humano como qualquer outro e não só mais um rostinho bonito.
Pergunta antes de eu poder te namorar: Você é ocultista?
Essa é a pergunta de um milhão de dólares que raramente vejo sendo feita.
Se você ainda não for, pra se tornar minha namorada precisará ser e aqui está como fazer isso
É fato que a maior parte da literatura especializada ocidental acredita em Deus e Cristo, somente olhando-o por uma lente diferente. Não há um ritual que lhe aproxime de Deus, as coisas raramente são tão simples. Entretanto, com estudo e meditação o caminho começa a ficar mais claro.
Entenda que não sou nenhum senhor da verdade, e o que te falo hoje posso descobrir ser mentira amanhã. Saiba também que um dos maiores problemas desse meio é a falta de um início claro, sendo as obras tidas como introdutórias porcarias completas. Dito isso, lhe respondo o seguinte:
  1. O caminho mais completo para se aproximar do que você quer começa com noções do pensamento Helênico. Entenda que boa parte da visão de mundo cristã vem da antiguidade clássica, principalmente as noções de harmonia e belo. Não te peço para ler tudo o que já foi jogado ao chão pelos gregos, mas saiba um pouco das origens das coisas. Tenha uma ideia básica dos quatro humores gregos, e que essa é uma das origens para atribuirmos personalidades aos elementos da natureza. Entenda um pouco dos seus deuses e Cosmos, porque eles serão utilizados no futuro de forma metafórica em textos. Saiba que quando aparecer um hermafrodita em um texto especializado não há conexão com desvios modernos, mas com um simbolismo mais antigo (Salvo engano, sua origem é Platônica. Mais especificamente, O Banquete, durante os discursos sobre amor).
  2. Entenda que boa parte da origem da magia ocidental vem da confluência da cultura grega com a egípcia, incluindo a alquimia. A tábua esmeralda é um texto obrigatório. Leia um pouco sobre o Axioma de Maria, A judia. Aprenda um pouco da simbologia alquímica, porque será importante para você no futuro. É dentro da alquimia que irão discursar sem final sobre a trindade (pelo menos os da corrente de Paracelso). Não se pretenda nenhum mestre dos espagíricos, porque os químicos farão isso melhor do que você. Entenda que não havia essa separação absoluta entre o material e o espiritual, então os dois conhecimentos andaram juntos ao decorrer da história. Entenda também que haviam escritores voltados especificamente para a alquimia espiritual, enquanto outros à química.
  3. Estude a Cabala. Eu entendo que para alguns seja difícil dar atenção à Cabala Judaica com o surto conspiracionista chanístico sobre a índole de todo um povo, mas querendo ou não o judaísmo é o Pai da fé cristã, sendo Jesus judeu. Entenda que a árvore da vida é um estudo sobre Deus e suas emanações, e dela virá uma boa parte de seu conhecimento.
  4. Leia as coisas atuais sobre o assunto. Dê atenção aos escritores herméticos, principalmente.
Ocultismo é um saco, pelo menos se você for estudar seriamente. Você pode perder a vida se tiver um projeto ambicioso como se aproximar de Deus.
Você também pode pular algumas etapas no que te falei. Sobre a parte do pensamento grego, saiba que boa parte é "dispensável". Dito isso, recomento que entenda um pouco sobre o funcionamento do Cosmos de Ptolomeu. Entenda também alguns dos símbolos planetários, porque seu entendimento irá lhe ajudar no futuro.
Pra me namorar também tem que gostar dos animes:
Akame ga Kill! Akarui Sekai Keikaku Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Criminale! Dog Style Domina no Do! Eden no Ori Evangelion Fullmetal Alchemist K-on! Naruto Shingeki no Kyojin Yu-gi-oh
Sobre assistir Yu-gi-oh; quando eu era adolescente, gostava (na época que passou na TV Globinho e era moda), mas hoje em dia não gosto mais; então não assistiria de novo.
Quanto às minhas lembranças marcantes de Yu-gi-oh:
Em 2003, Yu-gi-oh era moda e todo mundo na escola da quinta e da sexta série jogava com cartinhas piratas, já o pessoal da sétima e da oitava não se interessava. A propósito, em 2003 tiveram duas grandes modas de brinquedos baseados em animes, cartinhas de Yu-gi-oh e Beyblade. Outro brinquedo que todo mundo da quinta e da sexta série levava pra escola em 2003 depois que passou a moda de Yu-gi-oh e começou a moda da Beyblade era a Beyblade.
Outra lembrança marcante que tenho de Yu-gi-oh é que em 2003 na escola o pessoal criava suas próprias cartinhas, fazendo desenhos e estatísticas.
Fujimura-kun Mates Gantz Gou-Dere Bishoujo Nagihara Sora♥️ Higurashi no Naku Koro ni Kai: Matsuribayashi-hen Hitsugi no Chaika Ichigo 100% Ichinensei ni Nacchattara In Bura!: Bishoujo Kyuuketsuki no Hazukashii Himitsu Jigokuren: Love in the Hell Jinzou Shoujo JoJo no Kimyou na Bouken Part 4: Diamond wa Kudakenai JoJo no Kimyou na Bouken Part 5: Ougon no Kaze JoJo no Kimyou na Bouken Part 6: Stone Ocean JoJo no Kimyou na Bouken Part 7: Steel Ball Run Kaibutsu Oujo Lucky☆Star Mahou no Iroha! Mahou Tsukai Kurohime Monster Hunter Orage Mujaki no Rakuen Needless Zero Nyotai-ka Onihime VS Oretama Perowan!: Hayakushinasai! Goshujinsama♪ Re:Marina Rosario to Vampire Saitama Chainsaw Shoujo Sankarea School Rumble Shingetsutan Tsukihime Shocking Pink! Shurabara! Sora no Otoshimono Sora no Otoshimono Pico Akame ga Kill! Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Dorohedoro Nekopara Pet Toaru Kagaku no Railgun Magia Record: Mahou Shoujo Madoka☆Magica Gaiden Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita. Isekai Quartet 2Isekai Quartet 2 Ishuzoku Reviewers Somali to Mori no Kamisama Eizouken ni wa Te wo Dasu na!Eizouken ni wa Te wo Dasu na! Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu.Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu. Jibaku Shounen Hanako-kun Haikyuu!!: To the TopHaikyuu!!: To the Top Darwin's GameDarwin's Game Kyokou SuiriKyokou Suiri Plunderer
PRE REQUISITO: GOSTAR DE FILMES DE FAROESTE.
IMPORTANTE: Se você gosta de filmes de super heroi, pare de ler e va se foder.
Se você é assim, fique longe de mim.
NÃO QUERO AS MULHERES QUE: As que falam palavrões As que fumam As que usam drogas As que postam foto com bebida Que bebem (menos 🍷, isso é coisa de dama) As que vão para balada, festa, rave etc As que postam foto com decote ou sensuais
Há uma coisa que eu quero que você entenda sobre nós os homens.
Quando você colocar uma foto sua nua no facebook, fazendo uma pose gostosa, mostrando os seios ou como vemos em várias fotos mostrando o bumbum ou deitada sedutoramente em sua cama, a única coisa que você faz é que as pessoas tenham desejo sexual por você, claro em A maioria dos casos por parte de homens.
Eu sei que você vai ficar tão emocionada com os 500 likes, 120 comentários e as inúmeras mensagens privadas! Você vai querer postar cada vez mais fotos para se sentir cada vez mais no topo.
Mas há algo importante que você precisa saber:
Na verdade nenhum desses caras que gostam, comentam ou enviam mensagens privadas te ama. Tudo o que eles querem é usá-la e depois atirá-la para o lixo, para ser honesto nenhum deles a levaria para sua casa para ser sua esposa, acredite em mim, você para eles não é mais que uma menina de programa em busca de popularidade barata No Facebook.
Os homens ricos os que tem o que você procura "dinheiro" ou os pobres admiram as mulheres que se vestem com decência e se respeitam. Uma vestimenta decente que não revela muito o seu corpo, leva-os a amar e a respeitar-te, isto a simples vista nos diz que és uma mulher virtuosa, alguém a quem se pode levar para casa para ser esposa e mãe.
Isto em muitos casos diz-lhes que você foi criada com princípios morais e lhes dá detalhes do seu bom histórico familiar.
Eles não se preocupam muito com a maquiagem excessiva, uma mulher digna de propor casamento sempre se distingue do monte, não importa como.
Valoriza seu corpo, lembre-se que para encontrar diamantes é preciso cavar, respeita, e um verdadeiro homem vai te respeitar de um modo ou de outro.
Mas você terá muito respeito: Mulher, não mostre seu corpo no facebook, você não sabe que tipo de pessoas, venha suas coisas, você é uma mulher bela, não precisa de fotos, nem mostrar tanto, você pode conquistar com sua simpatia, com seu educación con seu sonrrisa,
As que já ficaram com amigos seus, ou que ficam com mais de 3 em um único ano As que não trabalham ou estudam (ou que estão em um curso irrelevante de humanas) As que não sabem o básico de uma casa, como lavar, passar roupa, cozinhar, trocar fralda, etc As interesseiras As que estão pedindo presentes sempre As que já estão comprometidas As não gostam de crianças ou dizem que não querem ter filhos (pessoas que não querem ter filhos não são confiáveis) As que tem piercing de bufalo
submitted by Helamaa to smurfdomuca [link] [comments]


2020.09.10 16:12 henrylore Najiyu Ep 9 - Nós somos prisioneiros! Por enquanto...

??: *joga Nevaska dentro da cela
*fecha ela com toda a força
*sai andando pelo corredor frio e cinzento, aquecido apenas por um tapete roxo no chão
*abre a porta principal muito parecida por uma porta de cofre
*fecha ela
Ne: *ouve barulhos de tranca
...
*olha pra cela ao lado e vê
H: *sentado na cama da cela
...
L: *esticando a corda do arco até ela fazer algum som
P: *na outra cela do outro lado deitada
Ne: meh
H: nao tem nada a dizer?
Ne: o que vocês querem que eu diga?
L: nada so que voce extrapolou o plano todo brigando com UM GUARDA VOCÊ PODIA BRIGAR COM QUALQUER CARA MENOS UM GUARDA
Ne: tá bom ok?
eu briguei com ele porque ele se meteu na briga entre EU E SHIBARU
*bate na grade
H: e por que cacetes você foi pra cima dele daquele jeito?
Ne: vocês não sabem o que é construir uma coisa, pra entregar e confiar ela pro cara e ele destruir tudo
PRINCIPALMENTE COM PESSOAS
PESSOAS era uma vida aquilo ali
a Winry, era uma alma que foi destruída por XERETAR
L: hmmm
P: mas como assim? você deu tudo pra ele?
Ne: depois que a minha melhor amiga sumiu na minha última missão eu resolvi passar o cargo de líder pra próxima pessoa, e abandonar a ordem
ou seja lá o que isso se tornou
L: e voce entregou pra um palmeiras aleatório?
Ne: ele era confiável na época, a pessoa mais velha e confiável que eu tinha
ele tinha se provado ser uma boa pessoa e de confiança
mas então ele se tornou arrogante e tirou tudo de mim
...e da ordem
L: ah legal, agora ele vai sair andando por aí se achando o espertão por ter "vencido"
P: entao você era a líder??
Ne: sempre fui, e quando voltei sabia que ele não ia me querer de volta no cargo
só como substituta
L: voce entregou o seu cargo.
Ne: PERDE A SUA MELHOR AMIGA PRA VOCÊ VER
L: E EU LA TENHO UMA MELHOR AMIGA??
P: A CULPA É INTEIRA DE VOCES O LUSK FICOU GRITANDO, A NEVASKA EMPURRANDO O HB, AH VAI NÉ
H: e aí?
L: hm?
Ne: hein?
H: voces vão continuar brigando?
a gente tá preso.
seja lá de quem foi a culpa
a gente tá aqui
e é isso...
Ne: ... tu tem razão
L: é
P: *só deita pro lado
H: *pega duas pedrinhas e tenta trocar elas de lugar
não funciona aqui
Ne: é uma cela anti magia
magia não funciona aqui
*tenta fazer um pedacinho de gelo no chão mas ele se desfaz
L: é, estamos fritos.
H: vocês já pararam pra pensar por que separaram a gente em 3 celas?
Ne: porque separam meninos de meninas
L: e acharam a nevaska muito brava das ideias pra ficar perto da ponce
alias que história de toggi foi essa?
P: *se senta e olha pro lusk
você não sabe da minha vida pra se perguntar isso
L: Hmmmmm. Maneiro.
H: mas aí
o que o shibaru quer aqui?
Ne: nas cartas dele tavam escrito que ele queria poder
P: poder? numa vila humilde dessas?
Ne: é normalmente onde guardam as coisas mais poderosas...
H: voce sabe de alguma coisa que a gente não sabe né?
Ne: não
H: pode falar
Ne: não?
H: hmmmm *se encosta na parede de novo
*olha pra cima e vê a luz da lua batendo na janelinha e se contrastando com o resto de luz da tocha na parede que levemente vai se apagando
??²: *passa fazendo uma sombra na cela
*coloca a mão na grade da janela
talvez o nome disso seja Guilt
*olha lá pra dentro
H: ...?
o que-
??²: *abaixado e olhando lá pra dentro
Guilt... é o nome disso
H: ...
*percebe que é a mesma pessoa do dia do trem, que estava assaltando todo mundo
V-VOCE
VOCE TAVA NO TREM
??²: tava
H: VOCE TENTOU ROUBAR A GENTE
mas você desistiu?
??²: foi
Ne: ah é? então foram vocês
H: achei que voce tinha duvidado
Ne: nah eu sabia que algo assim acontecia mas não achei que você acordaria
??²: foi exatamente isso que me chamou a atenção
mas fala aí vai querer sair daí ou nem?
H: nao sei se confio em você...
??²: ou você confia ou você não sai
H: e como voce vai fazer isso?
??²: *levanta e sai andando
**do lado de fora:
??²: *chega perto da ?³ (a outra pessoa do trem)
??³: *olha pra frente do castelo e vê um guarda la
*sai andando e indo em direção ao portão do castelo
Bessa: *olha pra ela
EI! O QUE FA-
??³: *olha de volta e seus olhos brilham rosa
*adormece o guarda Bessa
*vira pro ??² e faz um joinha
??²: *abre lentamente uma festinha da porta, suficiente pros dois passarem
??² e ??³: *entram
??²: *segura a mão da ??³ e sai andando pelo escuro (ele provavelmente enxerga no escuro)
**do lado de dentro
H: ...
L: soa melhor assim
Ne: os caras vazaram
**ouvem um barulho de tranca
??²: *abre a porta
boa tarde família
H: ah você conseguiu
??²: óbvio que consegui
*puxa umas chavezinhas
*abre a cela da Nevaska
Ne: *sai se limpando
depois dessa eu nunca mais bato num guarda véi
??²: *abre a cela do Henry e lusk e ponce
H: estamos livres
mas e aí? qual seu nome
J: meu nome é John, mas tu pode me chamar de Nomad ou sei lá
Du: meu nome é Duda, mas você pode me chamar de... Mikasa?
H, L, J, P, Ne: Duda
Du: ai tá bom meu deus
P: agora a pergunta é será que tem mais gente lá pra trás?
**olham pro fundo do fundo do corredor onde se sente um vento frio vindo dele
L: vamo vê né não custa ver
**veem na cela ao fundo uma pessoa com olhos vermelhos olhando seriamente pra eles
**nas celas ao lado tambem, diversos olhares hipnotizantes avermelhados
Ne: e tá aí a razão da gente estar aqui
P: se isso tá aqui... significa que a fonte dessas coisas se encontram aqui
L: mas e ai a gente solta esses cara aí?
??¹: *para de olhar pra eles e senta na cama da cela
H: nah isso precisa ser tratado com cuidado
Ne: é verdade, vamos conversar com eles assim que recuperarmos a confiança
J: sinceramente eu não acho que vocês vão recuperar a confiança de alguém assim...
fugindo da prisão
Du: o John tem razão
fazendo isso vocês já perderam todas as chances de ganhar a confiança deles
Ne: eh?
meh a gente tá aqui pra solucionar não pra amigar
certo?
H: •-•
Ne: eu acho que não
J: *guia os dois pela escuridão até a saída
**veem o guarda caído na porta
J: shhhh morto não fala
Du: hehehe
H: voce adormeceu o cara?
J: sim
**depois de um pouco longe
Ne: tá oq a gnt faz agora
J: voces disseram que o cara que vocês tavam procurando
queria poder né?
H: sim
J: e se esse cara procurasse o Guilt?
L: quem diabos é guilt?
J: ele é uma das crianças que deviam ser protegidas aqui
ele tem um amuleto que dá poder pra quem possuí ele
L: QUE MANEIRO então ele deve ser bem poderoso né?
J: minha teoria é que ele não sabe usar aquilo, mas se ele fica sem aquilo ele fica muito fraco
então eu resolvi não roubar
Ne: você tentou roubar aquilo?
J: sim
H: eeeeeh
J: eu desisti pelo bem dele, mas tem gente que não desistiu
H: e onde você achou?
J: ele frequenta lugares específicos normalmente
H: então a gente tem q achar ele
L: hmmm
J: que dia é hoje? 23 né?
é aniversário dele
H: onde será que ele comemoraria o aniversário dele?
...
Ne, L e P: ...
J: o que? esperavam que eu soubesse?
L: sim.
J: heh pois é eu não sei
Ne: é bem provável que se a gente encontrar o menino a gente encontra o shibaru
J: hmmmm ele sempre vai na sorveteria de tarde...
L: de noite ele dorme né mané mas onde ele mora?
J: hummmm
Du: tem uma casa em cima da loja de picolés
talvez aquele cara tenha abrigado ele ali
J: o tio do picolé?
Du: ele mesmo
**depois de um tempo
J: é aqui.
*abre a janela que por algum motivo tava destrancada
**todo mundo entra
J: *sobe as escadas e...
não tem ninguém aqui
Ne: talvez ele já tenha passado por aqui
P: ou o menino nem mora aqui
H: mas tá tudo revirado olha aqui
Sh: *do lado de fora em cima de uma árvore
*olha pra janela da sorveteria aberta
...
*dá um sorriso
só uma provocadinha vai...
*coloca a mão na boca do guilt pra ele não gritar nem nada
**ouvem um barulho vindo de baixo
J: ouviram isso???
P: shhhh
*desce as escadas com cuidado
...
Sh: ello.
*aparece segurando o guilt
G: merda
P: VOCÊ
Sh: relaxem
P: *corre e da um soco na cara dele
Sh: *leva o soco mas joga ela no balcão
J: *usa uma força de gravidade e faz o shibaru cair
Sh: *é empurrado pra baixo e não consegue se levantar
quem é... esse cara?????
J: *prepara um golpe de relâmpago
H: °°
ELE CONTROLA DOIS ELEMENTOS????
J: *aponta pro shibaru e...
H: *segura a mão dele
não, se gente fizer isso aqui a gente vai chamar atenção demais
J: ô seu-
G: *aproveita e tenta escapar pela janela
Du: *tenta usar os olhos pra adormecer o shibaru
G: *olha e adormece zz
Sh: entao é isso, ela consegue adormecer os outros!
Du: *usa de novo
J: *nao olha
Sh: *puxa a espada dele e reflete fazendo Nevaska, Ponce e Duda adormecerem
L: QUE (ele tava em cima então ele não olhou)
H: meu deus
Du: oh
acho que isso é ruim gente
??: TEM ALGUEM AÍ??
QUE BARULHADA É ESSA
Sh: *segura Guilt e pula pra uma árvore
??: o que foi isso? (percebe-se q ele tá do outro lado da loja)
J: tsc
eu distraio eles, vocês vão atrás daquele cara e do Guilt
H e L: *acenam que sim com a cabeça
J: *sai da loja e sobe rapidamente em cima na laje
*joga um monte de estrelas ninja com bombas de fumaça pra cima
??: VOCÊ..
*sobe e vai atrás dele
H: acho que é com a gente brether
L: concordeis.
**colocam as 3 no andar de cima
H: *tranca por dentro
*deixa a chave ali
L: *pega um lápis do balcão e deixa na escada
H: *troca de lugar com o lápis
boa brether
H e L: *batem os punhos
H: *fecha a janela depois de sair
fiquem bem...
**saem correndo
L: pra onde tu acha que ele foi?
H: eeeeeh não faço ideia
Sh: nao muito longe do que vocês pensam
**se encontram num lugar sem saída bem espaçoso mas cheio de vendinhas velhas e armazéns de produtos pra repor
Sh: é uma grande honra ter os novos integrantes da ordem aqui comigo...
pra morrerem.
*junta as mãos e faz uma hiper onda de fogo em volta dele
H: °°
L: guh
pois é mano
H: onde você botou o maluco lá?
Sh: como se eu fosse te dizer...
vocês não vão salvar ele
basta eu tirar o amuleto
e eu serei imparável
L: voce so vai fazer isso se a GENTE deixar.
Sh: e vocês deixam?
L: Não.
Sh: *faz uma bola de fogo na mão e atira neles
H e L: *vai um pra cada lado e desviam
**bola de fogo bate nuns barris e começam a pegar fogo
H: isso vai chamar atenção
L: a gente tem que ser rápidos.
Sh: que o show...
*olhos brilham vermelho
comece.
... NO PROXIMO EPISÓDIO DE NAJIYU
Najiyu Ep 10 Por uma vida
❤️
submitted by henrylore to Najiyu [link] [comments]


2020.09.10 15:57 henrylore Najiyu Ep 4 - Bem vindos! A resistência...

Ne: hm?
a-ah! oi, eu-eu não sabia que você tava acordado....
*coloca o violão pro lado
eu te acordei..?
H: não, eu na verdade acordei por acaso, a luz da lua tá muito forte e tals... o que você tá fazendo
Ne: lendas dizem que se chama relaxar
é uma das coisas mais preciosas que os deuses já inventaram para nós, seres vivos hauheheuee
H: hehe... ta tocando violão?
Ne: eu? n-não você deve ter ouvido coisas e tal...
(๑•﹏•)
H: *sobe a escada por completo e vai em direção a ela
o que é isso aí então?
Ne: tá.. eu tava tocando violão...
H: *senta do lado dela
você que fez?
Ne: na verdade não, eu ganhei em uma vila muito fofa, onde tava tendo festival da música... tiveram diversas confraternizações... e me deram esse aqui
H: conte mais
Ne: tinha um garotinho se apresentando, ele era muito legal
e então ele resolveu tentar arrecadar dinheiro com isso, as músicas dele eram muito fofas
e eu não consegui, e dei um dinheirinho pra ele...
daí ele me deu esse violão
H: e ele perdeu o violão então?
Ne: que nada, ele tem uma coleção deles, assim como outras pessoas tem diversos instrumentos lá
...ou tinham
H: tinham?
Ne: a vila foi fechada devido a invasões, se refugiaram aí pra um lugar que eu não sei
H: se refugiaram?
Ne: alguém chamado may e tals
apareceu lá e ajudou eles
H: isso foi fofo da parte dela.... ou dele
né?
Ne: foi sim mas eu queria agradecer aquele garotinho pelo violão... foi muito fofo da parte dele sendo que eu nem sabia tocar isso naquela época
H: mas foi do nada assim?
Ne: eu ia lá todo dia e ele tava lá, e eu sempre dava uma quantia específica pra ele, até que ele me disse que queria retribuir
eu fiquei mal pq ele disse que tava meio sem rumo graças a umas pessoas aí
talvez a gente se encontre de novo, eu não sei
dês de que tudo aconteceu não tem mais sentido ficar vagando por aí
H: o que?
Ne: meh, nao to afim de ficar falando bobagem pra você sentir pena de mim
eu quero que você me veja como a fodona
H: ta mais pra a fofona não?
Ne: *dá um peteleco na cabeça do Henry
H: você lembra do nome do menino?
Ne: hmmmm, não
H: •-•
a bom
Ne: esperava que eu fosse lembrar? hahahahah
você é engraçado
H: eu sou eu ué
Ne: hehehe
*olha pro bolso do Henry e vê um pedaço da foto
ei *puxa foto do bolso
onde conseguiu isso?
H: ah- eu- tava olhando ali e achei e quando- eu achei- eu peguei-
pq eu ouvi o violão e não consegui pensar...
Ne: tudo bem, mas não roube coisas dos outros, não é legal.
H: ...
quem é ela?
Ne: quem é quem
H: ela *puxa foto e aponta pra menina raposa do lado da nevaska
Ne: ...
*fica encarando a foto
a resistência... funciona em grupos e nós duas tínhamos um grupo a gente era líder dele
só que o nosso grupo era declarado um dos mais poderosos de toda a resistência, então as missões mais difíceis eram entregues a nós, então grande parte do grupo morreu depois de um tempo
H: ai...
Ne: mas nós duas éramos tudo, a gente lutava junta a gente era premiada junta
eu amava ela demais
até que....
H: que...?
Ne: a gente descobriu atividades com o selo que tá prendendo as entidades malignas que afrontaram Naji a 14 anos atrás
e então a gente foi abrir
*começa a chorar um pouquinho
e ela foi levada por algo que até hoje eu não sei o que é
H: ...
poxa...
Ne: a sua cor me lembra muito ela
e o seu jeito é o mesmo dela...
eu achei isso curioso
*olha pro Henry com um sorriso e lágrimas nos olhos
H: ...
Ne: é por isso que eu ainda vago talvez pra encontrar ela
mas sozinha...
H: *bota a mão no ombro dela
você não tá sozinha
a gente tá aqui por você né?
;)
Ne: ... :(
:
:)
brigada heri
H: nao é nada heehe
Nevaska, toca uma música aí
Ne: ei *coloca a foto do lado
pode me chamar de neva
*pega o violão
{detalhe: ela tá sem as luvas}
começa a tocar: *beabadobee - coffee
L: *ouve isso
*olha pro lado
hmph o cara foi cortar...
*volta a dormir
**no dia seguinte
Ne: MINUTOS! SAO MINUTOS QUE PERDEMOS MAS QUE NAO PODEMOS PERDER ENTAO VAMOS!
bom dia gente como vcs tão
H: a
bodia
L: Olá.
eu estou bem.
Ne: levantem, eu vou tá esperando lá fora, a gente vai pra um lugar especial
L: iiih, aí. ferrou...
H: Vish
**um tempo depois
**eles caminhando
Ne: então, a gente tem que ir pra um lugar chamado Nira, e lá a gente vai encontrar o qye a gente quer
L: Nira nao é uma vila em Naji?
Ne: sim
H: e lá vai ter?
Ne: uma mini base secreta de você sabe quem, lá a gente pode ter mais informações sobre oq fazer
**chegando lá eles conseguem até ouvir aquela melodia medieval de violinos legais
H: woooow
é uma baita duma vila
Ne: éé meu amigo, as vilas que vieram do reino não são moleza não eles são beeem burgueses, sabe?
H: hmmmm
Ne: *entra num bar
H: boa tarde famiiilia
Ne: *chega no barman e fala
eai, eu vou querer aquela bebida lá, schnitzel, sabe?
L: schnitzel nao é uma comida?
H: shhhh
Barman: ah sim claro, mas eu acho que você vai ter que me ajudar a procurar..
Ne: meninos, venham comigo
Ne, H e L: *entram no lugar lá do Batman
H: caraaaaca quanta bebida
Barman: Nevaska, quanto tempo!
quem são esses?
Ne: são integrantes novos da ordem
pode deixar a gente entrar
BM: sempre né
*puxa uma bebida que na verdade era uma alavanca e abre uma porta
tenham um bom dia
H: valeu
L: boa noite
BM: olha estranho pro Lusk
...
mas tá de dia né?
**eles descem e passam por uma porta aberta que sai de dentro de uma parede e que dá em uma vila meio vale escondida no meio de várias rochas
L: woooooow isso sim é delicioso
H: caraaaaca
Ne: *barulho de canudo
H: ?? Neva onde q vc conseguiu isso aí
Ne: *bebendo suquinho naqueles copos com canudo
ah, eu roubei do barman
tô mó com sede
??¹: EAI NEVASKA!!! QUANTO TEMPO
*da um tapão no ombro dela
QUE BOM QUR VOCE VOLTOU
Ne: aaaaa oiiiiii
H: quem é esse cara lusk
L: eu nao sei
??¹: *quase esmagando a Nevaska de abraço
AAAA
Ne: ah, gente!
*solta do abraço
esse aqui é o Arthur(não é o Art), ele é um dos membros da equipe de vigilância da resistência
a gente é amigo dês de que ele chegou aqui
Ar: Olá. *faz um paz e amor
L: bonito bonito, como vai a sua mãe?
Ar: ah ela vai bem cara, encontrei com ela ontem e tals
*olha pro Henry quieto
E VOCE VOCE É UMA RAPOSA???
H: hmmm... sim?
Ar: CARAAAACA QUE INCRIVEL
NEM SEMPRE TEMOS RAPOSAS AQUI SABIA?
VOCE CHEGAR AQUI É TAK LEGAL
*abraça o Henry
H: *sente o calor do corpo do cara como se ele tivesse ha 6 horas no sol
Ne: *bota mão no braço do arthur

Ar: *solta abraço
hm?
Ne: sabe onde tá o shi?
Ar: lá dentro, xingando todo mundo como de costume
Ne: meeeh que bosta hein
fica bem Arthur, a gente tá indo
*bebe mais um pouquinho do suco
Ar: falow falow, até logo
H: cara simpatico
Ne: ele é, as pessoas daqui normalmente são legais
L: normalmente?
Ne: tem gente aqui que age como se tivesse morrido ontem, e infelizmente é quem a gente tem que encontrar
??²: OOOOO NEVASKA!!!
*da um soquinho na cabeça dela
Ne: Winry?
Wi: muito tempo né?
Ne: eu não venho aqui faz um tempo...
gente, essa é a Winry, ela é da equipe de exploração e ela controla a água
ela é super rápida e super incrível
*bebe mais um pouco do suco
Wi: *dá um tapão nas costas da nevaska
AH QHE ISSO
Ne: *cospe o suco todo
o shi ta dentro do quartel?
Wi: sim.
{percebe-se que elas falam MT sério qnd se trata desse cara ai}
H: ....
**eles sobem numa escadinha que da pra uma árvore e lá eles encontram um escritório cheio de armas e uma cadeira virada
Ne: shibaru?
**vem uma faca voando
Ne: *segura
de novo?
Sh: *vira a cadeira
não vem a três anos, o que você quer agora?
Ne: temos novos membros, pode registrar eles?
Sh: nem se os porcos voarem
Ne: que? como assim não
Sh: você não pode voltar depois de tanto tempo com duas pessoas aleatórias querendo enfiar ela na nossa associação
Ne: como assim, quando eu tava aqui não era assim
Sh: porque você era líder talvez?
Ne: e quando eu saio você muda tudo?
Sh: olha só, respeito e calma são a chave para o universo
então trate de aderir *levanta
{Shibaru tem o cabelo azul escuro usa uma jaqueta preta com uma blusa branca e uma calça jeans e ele é BEM ALTO MESMO deve ter uns 1,80}
Sh: *vai em direção da nevaska
pra sua sorte nos temos missões para vocês e se conseguirem resolver
talvez eu reabra o seu grupinho
Ne: que missão então
Sh: suspeito e tenho quase certeza de que o pessoal do templo da areia tá envolvido com a morte de alguns dragões por la, talvez eles estejam usando algo pra matar eles tendo em vista que um dragão não ia morrer pro elemento areia ou parecido
Ne: °-°
você acha que é um?
Sh: anel...
H: anel?
L: anel?
Ne: ...
Sh: não falou pra eles, Nevaska?
hmmm bem
anéis que carregam ambars com poderes dos antigos guardiões de cada elemento
os guardiões eram aqueles que ensinavam os elementos pros guerreiros qud passaram de geração em geração
Ne: mas aí a ambição subiu a cabeça e mataram os guardiões pra roubarem a sabedoria e o poder
Sh: exato.
recuperar esse poder e talvez restaurar os guardiões seria um dos objetivos da resistência
então, estamos aí pra tudo
Ne: ultimamente esses casos de dragões mortos têm acontecido pra cacete e a gente não sabe o porquê
Sh: poder.
Ne: hm?
Sh: poder.
H: poder?
L: ~FODER?~
Sh: poder é algo que muitas pessoas querem hoje em dia
já que tudo leva a isso
H: como assim
Ne: é oq eu já te disse, o reino manda na gente com poder, e pra revidar a gente precisa de mais poder
então todo mundo aqui procura poder
Sh: menos nos, a gente procura justiça
H: ....
Sh: mas é, se vocês fizerem a missão e recuperarem o anel eu dou o distintivo
Ne: vem com a gente?
Sh: nao, EU tenho coisa mais úteis pra fazer.
eu vou ao palácio do mar
Ne: fazer o que lá
Sh: essa missão em específico vocês não precisam saber.
H: °°
L: ue...
Ne: 😪 complicado
Sh: se me dão licença *abre a porta e sai
H: ... e agora?
Ne: *procurando umas coisas
é, não tá aqui
vamos pro ferreiro
*abre a porta e sai
H e L: ferreiro?
**chegando lá
Ne: *abre a porta que toca um sininho
??³: *olha pra trás {é um cara de cabelo e barba preta, super gigante com uma roupa de couro e uma calça}
OOOOO NEVASKA
Ne: eai ferreiro
??³: Oooo quanto tempo
H: ola... ferreiro né?
Sa: meu nome é Sakiro mas pode me chamar de saki
H: saki... legal
L: SAMUEL?
Sa: nao, saki.
Ne: a gente pode entrar aí e escolher algumas armas?
no caso eles né
a gente vai numa missão agora e-
Sa: OOOOO MAS POR QUE NAO PEDIU ANTES?
entra aí
H: woooooow
L: quanta coisa
Ne: escolham qualquer uma
H: *vê uma espada 3 vezes maior q ele
essa não
*vê uma adaga
essa também não
**enquanto ele tá mexendo cai uma espada na cabeça dele
AI u-ue
*olha pra espada e vê o reflexo do próprio rosto nela e no cabo de ouro
{pensa numa espada de pirata, é isso aí}
H: BELEZA EU VOU PEGAR ESSA AQHI
L: *pensando
Ne: eai, não vai escolher não?
L: EU TO PENSANDO Ô TIA
*vê uma espada que chega perto de ser uma ninjato mas não é (é tipo a espada do kazuma)
eu acho que... não. espada é coisa de político.
tem um arco não?
Ne: tem esse aqui *pega um arco bolado horizontal digno de um legolas
L: OOOO ISSO É MELHOR QUE A LEGISLAÇÃO DA INDONÉSIA
Ne: então tá decidido! aqui, ferreiro, são essas
Sa: *pega as espada do Henry e remenda ela e tal
*troca a corda do arco
prontinho, tá aqui suas armas
H: OOO GG
L: MULEEEQUE
Ne: hehehe agora vamos!
**saem da loja
Ne: antes da gente ir, tem algo que eu tenho que mostrar a vocês...
*vai em frente a uma parede
*tira uma das luvas e lambe o próprio dedo
*põe o dedo na parede e a parede começa a abrir
**se revela um grande estádio dentro de uma caverna
H: OOOOO
L: OOoo
Ne: a gente tem que treinar, vocês são meio toscos ainda
SEJAM BEM VINDOS!!! A Teikō
a arena de treinamento da resistência!
H: !!!
L: woooooow
Ne: vocês nunca lutaram de verdade né
**se posicionam a Nevaska de um lado e o Henry e o lusk de outro
Ne: AGORA EU VOU TREINAR VOCÊS DE VERDADE CARAMBA
*a voz dela ecoa
H: AI SIM
L: finalmente serei treinado..
Ne: PRIMEIRO, HENRY
H: oi
Ne: toma cuidado com a sua cauda, raposas são extremamente sensíveis aí, e isso é a nossa fraqueza
ENTÃO NAO DEIXA ACERTAREM AÍ
L: é, realmente, acertar lá atrás seria desinteressante.
Ne: E LUSK VOCE LUTA MUITO BEM
MAS PROCURA FOCAR NO SEU ELEMENTO
L: BELEZA
H: então o que faremos?
Ne: a gente vai descobrir o seu elemento
H: MEU?
Ne: E EU VOU ACABAR COM A RAÇA DE VOCÊS QUERO NEM SABER
*estende as duas mãos e forma a lança de gelo de novo
*começa a girar ela
*para de girar e bate com ela no chão criando um pouco de gelo em volta de si mesmo
*cria um casulo de gelo em volta de si mesma
PRIMEIRA COISA, VCS VAO TER Q ME ACERTAR AQUI
H: ...
L: ...moleza
*faz uma bola de ar
ESFERA DO REDEMOINHO
*joga bola no casulo de gelo que bate mas não causa efeito
H: puts queridão acho q sua bala de ar comprimido não deu muito certo
L: CALA A BOCA TA LEGAL? EU TENTEI PELO MENOS
H: *corre pra cima do casulo e acerta com a espada
*tenta fincar ela
Ne: *faz espinhos de gelo em volta do casulo e joga o Henry pra longe
H: hmmmm *olha o casulo se quebrando quando ela faz isso
°°
LUSK
o casulo fica fraco quando ataca
L: hmmmm...
H: se liga
*finca espada no chão
*sai correndo pra dar um soco no casulo
Ne: *faz os espinhos de novo
H: *troca de lugar com a espada que acerta e racha o casulo
L: gg mas agora você perdeu sua espada né mané
H: VOCE TEM UM FUCKING ARCO ACERTA AQUILO ALI
L: acertar é comigo mesmo
*mira certinho e lança a flecha mas ele erra
H: CACETE VOCE QUER UM OCULOS
to vendo que não vai dar certo fazer isso
faz outro redemoinho de não sei o que lá aí
L: se chama... ESFERA DO REDEMOINHO
*joga a esfera na rachadura que estoura o casulo e da uma grande ventania
Ne: hmmmm beleza
H: hm?
L: •~•
Ne: nada mal, foi mais rápido do que eu pensava...
mas vocês não tão num talk show então não é bom ficar conversando alto
*estende a mão e prende os pés do lusk com gelo
H: *vai pra cima da nevaska e ataca com a espada
Ne: *defende com a lança e chuta o Henry pra longe
*coloca a mão do lado da boca e cria uma bola de neve
BOLA DE NEVE
*lança no Henry
H: *desvia da bola de neve q bate na parede ali
eu nunca pensei que lutar seria tão maneiro
Ne: *olha diretamente pro Henry
hehe..
agora se prepara pro
L: AAAA SUA MALDITA
*atira uma flecha nela
Ne: *cria uma parede de gelo que para a flecha
L: oh
Ne: *vai pra cima do lusk que já tá solto
sabe qual a desvantagem de ter uma arma de longo alcance?
É QUE VOCE NAO ATACA DE PERTO
*acerta uma lançada na cara dele que joga ele pra longe
L: maldita cabeçuda
*junta as mãos
TORNADO BOLADO
H: é cada nome
L: *joga a Nevaska longe
Ne: Henry, tem uma coisa que eu quero te ensinar
*faz uma bola de neve
H: o que?
Ne: REBATE ISSO AQUI
*joga no Henry
H: O QUE
*leva uma bolada muito forte de neve no estômago e cai no chão
ai
Ne: peguei pesado?
H: *levanta VICE NEM ME FALA COMO QUE REFLETE COMO É QUE EU VOU SABER
L: O SEU COLCHONETE
Ne: aiaiai
HENRY
H: oi
Ne: direciona a sua mana pra espada
*estende a lança e faz o mesmo
*fecha os olhos
assim que você faz isso, a mana é como um espelho que reflete mínimas partículas de luz fazendo você ver a sua própria cara
é mais ou menos isso
mas concentrando com velocidade
você reflete o ataque e ele se torna seu
pensa num espelho
*olha pra lança e o reflexo dela mesma na ponta feita de gelo
H: como um espelho?
Ne: *lança outra bola de neve nele
H: espelho...
*consegue sentir a mana fluindo na lâmina
*e então quando chega o ataque ele sente a velocidade e vai com tudo direcionando o ataque de volta como se fosse ele concentrando a mana na espada
REFLEXO DE LUZ
Ne: *desvia
**bola de neve explode atrás dela
é isso, uma habilidade exclusiva das raposas
H: wooooah
L: E EU?
Ne: ei lusk, foca mais em um só ataque, depois você pensa nos outros
eu gostei muito dessa sua bolinha
H: a bola de gude arejada?
L: É ESFERA DO REDEMOINHO SEU HERBÍVORO
mas então...
*faz a esfera na mão
DEPENDENDO ELA FICA MUITO MAIS FORTE
*concsntra todas as energias nela e faz uma super bola maciça na mão
pesado
*lança ela bem rápido na direção da nevaska
Ne: *DESVIA MUITO POR POUCO
QUALÉ MANÉ TA TENTANDO ME MATAR
L: nao era esse o objetivo
Ne: CLARO QUE NÃO
a enfim, eu acho que tá tudo bem por agora
*bate a lança no chão e quebra ela
VAMOS NESSA PESSOAL
**chegam na porta de um caminho de árvores
{la tem um monte de cavalo preso, e olhando tem vários mapas e plaquinhas mostrando onde tão as vilas}
Ar: *segura ombro da nevaska
nevaska, você acha que vai ficar tudo bem com eles?
Ne: sim, eu confio neles
você não?
Ar: eu nunca disse nada
[obs: quando o Art aparecer a sigla dele ou vai ser AT ou ART mesmo]
Ne: eu tenho que ir
*puxa um cavalo
H: um cavalo só?
L: ele aguenta?
Ne: eu e henry valemos por 0,5 pessoa e o lusk por 0,8
L: como você calculou isso?
Ne: eu não calculei
L: porra.
**sobe Nevaska na frente, Henry no meio, e lusk atrás
(o cavalo nem sequer se mexe, parece a coisa mais fácil do mundo levar esses 3)
Ne: viu?
L: meu deus quantos quilos vocês tem?
Ne: vamos!
*faz um movimento lá e o cavalo começa a andar pra longe
Ar: *olhando
Wi: *encosta no Arthur
Arthur eu encontrei algo estranho...
Ar: o que houve
Wi: no quarto do shibaru... ele deixou umas anotações...
*mostra pro Arthur
Ar: *lê
*vê desenhos de um cristal da água e um guardião
guardioes de agua?
Wi: *vira página pra ele
Ar: ... *lê
Hoje eu ------(folha arrancada)
e me inflitrar na ordem ---------
roubar um certo alguém
Ar: você acha que?
Wi: sim.
Ar: vamos investigar isso
*saem correndo em direção a casa principal
...
No próximo episódio
NAJIYU EP 5
Escrituras de uma antiga pirâmide de espelhos...
🖤
submitted by henrylore to Najiyu [link] [comments]


2020.09.09 16:41 futebolstats Ana Lorena Marche assume direção de futebol feminino em São Paulo

Nesta terça-feira (8), Ana Lorena Marche falou pela primeira vez como diretora de futebol feminino da Federação Paulista de Futebol (FPF). A dirigente, que coordenava o respectivo departamento na entidade, substitui Aline Pellegrino na direção, já que a antecessora assumiu a recém-criada coordenação de competições da modalidade na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
"Estou há oito meses na casa e sempre aprendendo. É difícil citar uma só [característica de Aline]. Ela olha para o todo, é estratégica. Pensa fora da caixinha, na massificação; entende que o futebol feminino é um produto que tem de ser pensado de maneira diferente. Uma peneira pode não fazer muito sentido no masculino, mas, no feminino faz total sentido nesse momento em que vivemos", afirmou Ana Lorena durante entrevista coletiva por videoconferência, mencionando a seletiva realizada pela FPF para o Campeonato Paulista sub-17, que reuniu cerca de 600 meninas, entre 14 e 17 anos, no ano passado.
Segundo a diretora, atrair garotas mais jovens à modalidade é uma das missões no cargo. "Esse ano, teríamos o [Paulista] sub-15, mas veio a pandemia [do novo coronavírus]. No ano que vem, se tudo melhorar e tivermos segurança, pretendemos realizar o sub-15 e aumentar os festivais das categorias menores, para que possamos atingir mais lugares no estado, e que elas [meninas] não tenham o festival em só uma ou duas datas no ano. Queremos, também, conversar com as escolas e o governo estadual. São parcerias interessantes para massificar a modalidade, ensinar as meninas a gostarem mais de futebol", detalhou.

Ver essa foto no Instagram
Essa imagem descreve bem o trabalho da Aline, multitarefas, dedicação total e uma paixão incrível por transformar o futebol de mulheres!! Meio maluca as vezes, rs. Mas cheia de ideias mirabolantes e geniais. Parabens, vc merece!! Sempre foi um prazer trabalhar ao seu lado, obrigada por todo aprendizado e confiança. Pode ter certeza que a parceria continua!
Uma publicação compartilhada por Ana Lorena Marche (@ana_lorena_marche) em 3 de Set, 2020 às 8:25 PDT
Educadora física de formação, Ana Lorena chegou à FPF em dezembro, após duas temporadas coordenando o futebol feminino da Ferroviária. Na gestão dela, as Guerreiras Grenás foram campeãs brasileiras e vices da Libertadores em 2019. Até por isso, a nova diretora da modalidade na entidade entende que o interior do estado tem potencial a ser explorado.
"[As cidades de] Franca, São José do Rio Preto, Araraquara e Botucatu foram grandes formadoras e continuam sendo. Boa parte da base de alguns clubes é de meninas que vieram daí. Então, é olhar e valorizarmos cada vez mais. Pensarmos cada vez mais em festivais [sub-14] como os dos dois últimos anos em Araraquara, e levá-los a outras regiões do estado onde o futebol não é tão desenvolvido; fazer que mais cursos de capacitação cheguem nesses locais. O estado é gigantesco, com uma população enorme. Há muita coisa a ser feita", planejou.
"Ainda temos de quebrar mais e mais barreiras para inserirmos mais meninas e mudarmos a percepção de marcas e dos clubes. Nem todos [os clubes] fazem uma gestão [do futebol feminino] pensando no todo. Para isso, teremos que ter muita resiliência, como Aline teve nesses quatro anos. Acho que é um dos grandes feitos dela, ter movido uma federação inteira em prol da modalidade, e não só o departamento", concluiu.
O post Ana Lorena Marche assume direção de futebol feminino em São Paulo apareceu primeiro em Futebol Stats.
from Futebol Stats https://bit.ly/2FcXKEh
via IFTTT
submitted by futebolstats to SiteFutebolStats [link] [comments]


2020.09.08 03:37 fracassadooo Me tornei um ninho, uma alma vazia

Conheço o Reddit tem um bom tempo já, apesar de não interagir com a galera, me sinto melhor vendo as histórias/desabafos do pessoal. O texto provavelmente vai ser longo, então desde já desculpas se eu falar muito. Sou um cara de 19 anos, faço 20 no final do ano e apesar de estar trabalhando (integral) e estudando numa faculdade pública (Fatec), me sinto um em relação aos meus sentimentos, sou muito solitário, aquele tipo de pessoa que ninguém chama pra roles e coisas do gênero. E algumas coisas contribuem/contribuíram para eu me sentir assim, sai do ensino médio BV e com poucos amigos, e mesmo assim naquela época eu me sentia feliz, como se eu ainda tivesse esperança que as coisas fossem melhorar, depois do ensino médio nunca mais fui o mesmo, fui um dos poucos que não arrumou emprego ou entrou na faculdade no ano seguinte, fazendo eu ficar em casa tempo demais, enquanto as pessoas seguiam a vida e eu me sentia cada vez mais pra trás, fiquei perdendo tempo e me iludindo com concurso público. No ano de 2019 (terminei o EM em 2017), consegui tirar minha CNH, entrei na faculdade, arrumei um estágio e comprei um PC gamer, parecia tudo bem porém essa sensação de se sentir sozinho nunca passava, tinha madrugadas que eu não dormia pensando em suicídio e coisas do tipo. Em 2020, consegui ficar com uma menina pela primeira vez, no segundo encontro que foi dia 16/03, depois disso nunca mais se vimos, basicamente ela me enrolou e me descartou voltando pro ex dela no meio desse ano, e essa sensação de solidão/rejeição só aumentou em mim, me senti como um tapa buraco e na época já esperava/temia por isso e hoje estou aqui sozinho, sem amigos, sem ninguém, passei o feriado inteiro jogando no meu quarto isolado e bate essas horas só dá vontade de chorar, não consigo sorrir, não consigo me sentir feliz, apesar de ter uma casa, emprego, pais que se importam comigo e outras coisas,por isso é como eu me sentisse vazio constantemente. Cheguei a procurar ajuda psicológica, mas não adiantou mesmo depois de três meses de consultas semanais, me sinto um inútil como antes, as vezes me olho no espelho e sinto vergonha de quem eu sou, como se a todo momento eu me sentisse um fracassado e solitário. Tentei resumir como eu me sinto, espero que não tenha ficado confuso, só queria desabafar em algum lugar, e é isso, obrigado por ler até aqui, espero que ao acordar e eu me sinta melhor.
submitted by fracassadooo to desabafos [link] [comments]


2020.09.07 01:53 pesligeiros um estudo sobre a solidão.

oi, pessoal. tudo bem? sou H, 19. esse é meu primeiro post no reddit, e colocar "H, 19" me faz parecer os velhos pervertidos do omegle.
é irônico o omegle ter vindo a tona no meu desabafo, uma vez que ele encaixa bem em meu raciocínio. sou sozinho. sempre tive muitos amigos - e ainda assim, sempre fui muito sozinho. muito sozinho porque eu era excluído, ou porque eu me excluía. nunca fui pleno de atenção, nunca fui pleno de companhia. eu era humilhado, maltratado, mal visto. elogiado de vez em quando, pra dar uma equilibrada. eu nunca fui o mais bonito, o mais sociável. nunca tive laços profundos. nunca tive irmãos. nunca fui muito ligado a minha família. nunca me dei bem estando comigo mesmo. vejo pessoas que tem amigos, que participam de experienciais, que trocam fofocas de tudo, que tem uma vida sociável agitada. eu não.
em 2017 arranjei uma namorada - uma pessoa que na época me ensinou e me destruiu em níveis bem proporcionais -, me afastei de todo mundo que eu tinha contato pois eu era bem tratado por ela. depois do nosso término, comigo em cacos, já não tinha mais ninguém pra contar. e mesmo que eu tenha recuperado alguns dos pequenos laços que eu tinha antigamente, nunca mais foi o mesmo.
sou íntimo de uma pessoa, no máximo duas pessoas. a verdade é essa. um amigo virtual que mora do outro lado do país e minha ex namorada, que se mostrou uma ótima amiga dado tempo necessário pra se recuperar dos cacos
a verdade é essa, embora eu sempre diga que sou próximo de pelo menos cinco pessoas. mas não, são no máximo duas. uma que mora estados de distância de mim, e uma que constantemente fico com raiva por eu ter tanta proximidade, pois justamente por não ter mais ninguém por perto, me trás a sensação de eu não ter seguido a vida e de eu ser ainda mais solitário do que sou, por mais incrível que ela seja comigo.
nunca mais me relacionei. nunca mais ninguém mostrou interesse por mim - a não ser uma menina do habbo hotel. patético, né? habbo fucking hotel.
nunca mais fiz novos amigos. nunca mais conheci mais pessoas. ninguém sabe que eu existo, e eu não consigo conhecer ninguém. nos últimos doze meses, ganhei muitos quilos, e estar isolado em casa não me ajuda nada com esse problema. eu tenho pessoas com quem contar, se eu for preciso. mas não me sinto conectadas a elas. eu me tornei um desconhecido. alguém que foi esquecido no tempo. e por mais que eu lute para ser visto pelas pessoas da minha cidade, não tenho energia, tempo ou os meios para isto. e hoje em dia, sem energia, gordo (que não é um problema pra muitas pessoas, afinal, é apenas estatura física. pra mim é um problema, pois me sinto cansado, sem energia e com problemas de autoestima gigantescos), sozinho, me sinto cada dia mais solitário.
não quero conselhos nem nada do tipo. é só um desabafo mesmo. queria que a pandemia acabasse. primeiro, pra que as pessoas parassem de morrer por conta desse vírus horrível. e depois: pra ver se eu perco peso, recupero um pouco minhas energias, decido o que vou fazer da minha vida pro futuro. tô em momentos de muitas decisões. talvez assim, em algum caminho da vida, eu encontre amigos que eu me conecte de verdade, alguém se interesse por mim.
até lá, sou apenas isso. e se assim eu continuar, vou acabar virando um velho solitário que vai pra omegle pra ter com quem conversar. não pra ser pervertido. mas pra tentar lamentar sobre como cresci sozinho e envelheci sozinho.
e aí ter a conversa pulada, porque ninguém vai querer falar com um adulto sozinho em um site de anonimato. e com muita razão, porque ninguém sabe quem é que tá do outro lado, e quais são suas malditas intenções.

obrigado a quem leu até aqui.
submitted by pesligeiros to desabafos [link] [comments]


2020.09.06 20:59 dontcrybutterfly Eu não sou ninguém na vida.

No começo desse ano (antes da pandemia) minha mãe precisou mudar de horário, no seu emprego, foi tudo de ultima hora. Ela soube em uma sexta-feira que iria começar no novo horário na segunda-feira.
Na segunda começava as minhas aulas na faculdade e as aulas do meu irmão pequeno, mas com isso eu precisei trancar a faculdade, já que no período da manhã não teria ninguém pra ficar com ele em casa. (Em casa sou eu, minha mãe, meu padrasto e meu irmao)
No começo eu fiquei mal, pois fazia 1 ano que eu tinha entrado no curso e estava realmente gostando, e vendo que era aquilo que eu queria. Mas quando a pandemia veio, até que não fique tão triste assim, em relação ao curso, já que então eu iria ficar em casa de qualquer forma.
Mas precisei largar a faculdade e não posso trabalhar para ficar em casa cuidando de uma criança que não é responsabilidade minha, eu não tive filho então porque tenho que abandonar o pouco que eu tinha e já não posso fazer mais nada pra cuidar de uma criança!?
E a cada dia que passa eu fico mais mal pensado que tenho 19 anos e não tenho formação nenhuma, não tenho experiência nenhuma e não consigo arrumar algum emprego, já que eles sempre pedem experiência.
Mas ao mesmo tempo fico mal de pensar assim, me achando ingrata já que nao preciso necessariamente trabalhar, e tenho o privilégio de poder ficar em casa cuidando dele. Mas eu também quero viver a minha vida, quero evoluir em algo.
E toda essa situação faz eu me sentir ainda mais sozinha. Eu sempre fui uma pessoa que gosta de ficar no meu canto, fazendo as minhas coisas. Mas ultimamente eu não consigo mais fazer isso e também não tenho realmente ninguém para conversar.
Tenho bem pouco contato com algumas meninas da escola, mas quase nunca se falamos. Conheci algumas pessoas na faculdade mas não criei nenhuma amizade forte, então assim que eu saí do curso também não tive mais contato com ninguém. A única pessoa com quem eu conversa mais era a minha irmã mais velha, mas ela teve bebê recentemente e claro que agora ela tem outras prioridades e eu entendo. Minha mãe sempre que vou falar com ela sempre acaba mudando de assunto e sinto que o que falo não é importante. A pessoa com quem mais falo é uma criança de 4 anos, já que passo o dia todo com ela.
Fora que nunca senti que alguém realmente gostasse de mim, nunca tive um relacionamento e acho que realmente ficarei sozinha em todos os sentidos.
Essa é a minha primeira vez escrevendo aqui, então se tiver algum erro me desculpem. Estou a semana toda tomando coragem para publicar isso, e como domingo é o único dia que eu consigo fazer algo pra mim decidi desabafar aqui. Obrigada se você leu até aqui <3
submitted by dontcrybutterfly to desabafos [link] [comments]


2020.09.05 05:02 BrunaTimb Não preciso de anestesia - Histórias da Emergência

Essa história aconteceu na época que trabalhava na emergência de um hospital, anos antes da pandemia.
Em um dia de pouco movimento na emergência, chega um adolescente (uns 16 anos) com um corte no queixo. Ele havia se machucado no futebol na escola.
Ele reclamava de dor o tempo todo, o corte era pequeno (uns 3cm), raso e reto, uns poucos pontos e em pouco tempo nem a cicatriz iria aparecer.
Enquanto limpava seu queixo para começar a sutura ele só reclamava, parecia uma criança. Até que milagrosamente ele me olha firme, para de reclamar e solta:
Olhei para ele sem entender essa repentina mudança de atitude dele. Até que, olhando para a porta percebi que 3 garotas que certamente o conhecia estavam olhando para ele e sorrindo.
Foi ai que entendi tudo! Ele estava tentando dar uma de "machão corajoso" pra cima das meninas.
A cada espetada da agulha eu o via tremer, prender a respiração e encarar as meninas. Seriam ao todo uns 7 a 8 pontos. No terceiro ponto eu vi uma lágrima escorrer pelo seu rosto, enxuguei ela discretamente com uma gaze e falei alto:
A anestesia foi aplicada pois ele já havia mostrado para as meninas o quão corajoso e idiota ele era.
A sutura foi terminada sem maior sofrimento e o garoto foi para junto de suas colegas com uma boa história para contar.
E eu!? Ahhh eu fiquei rindo sem conseguir acreditar nas bobagens que as pessoas são capazes de fazer para impressionar os outros.
submitted by BrunaTimb to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.04 18:53 IgorCWB EU ACHO QUE SOU VICIADO EM PORNOGRAFIA

Bom antes quando eu era criança, os meus estímulos, minhas curiosidades, parecia ser normal, se eu olhasse uma garota eu tinha vontade sexual por ela, me sentia atraído, ficava excitado, mas no ensino medio, comecei a ouvir meus amigos a falarem sobre masturbação, eu nunca tinha feito nem sabia o que era. Mas nesse período aconteceu algo que me afetou muito, comecei a ter as famosas espinhas, e nao foram poucos, comecei a perceber que na sala todas as meninas gostavam de alguem, mas de mim nao tinha nenhuma, comecei a ficar depressivo, só saia de casa pra ir para a escola, e sabia que n tinha como ter um relacionamento sexual com uma mulher por causa da aparencia com as acnes no rosto, mas eu sentia uma vontade absurda, e para satisfazer a vontade, comecei a ver pornografia, começou em 2011, e cada vez via algo mais pesado, chegou ao ponto de eu nem poder falar e imaginar o que eu buscava quando assistia a tudo isso.
Mas recorri a isso, pq sentia-me rejeitado, e apos passar anos sozinhos, natal, ano novo, nem em balada eu fui, busquei isso cada vez mais. Hoje sou adulto, e quando fui ter a minha primeira relação sexual, nao era aquilo que via na pornografia, e n senti quase vontade nenhuma, até me perguntava pq estar ali, sinto como se tivesse perdido completamente as emoções, estou tentando parar com a pornografia para ver se recupero o meu eu antes de começar tudo isso, hoje ainda quando beijo uma mulher nao sinto nada, nao se parece nada como antes, nao tenho emoção nenhuma, posso ver ela pelada, que n sinto nada, parece q tem algo na minha mente que bloqueia isso, que diz q nao sou capaz, q n vou conseguir, quando eu estava na fase do ensino medio de querer sexo e elas de alguma forma me recussaram, causou um impacto gigantesco em mim, em todos esses anos eu tive que tentar aceitar q nenhuma mulher me queria, tenho ate dificuldade em estar em ambientes com mulheres, pq sinto que estou sendo julgados por elas a todo momento, e parece q n sou o suficiente. Hoje sou um cara bonito e atraente, garotas q eu nunca pensei em pegar, nunca na vida, querem dormir comigo, fazer sexo comigo, mas ai vem a imagem de todos esses anos sozinhos no quarto, sem ninguem, tentando saciar aquilo com a pornografia, pq realmente era a unica forma q tinha, eu juro.
Sinto q tem algo muito errado, ao ver aqueles videos perdi o senso da realidade de uma mulher, parece q virou um objeto. Eu comecei a tentar parar de ver pornografia e masturbação. Espero que isso volte ao normal, comecei em setembro agora, e desejo do fundo do coração sentir o prazer e o tesao que sentia antes de acontecer tudo isso, pq beijar uma mulher e nao sentir mais nada do q sentia, é foda. Valeu.
submitted by IgorCWB to u/IgorCWB [link] [comments]


2020.09.02 18:25 marvinpls desabafos de um LEIGO e AZARADO com iniciação científica na faculdade (parte 1?)

É textão galera, contarei algumas fofocas da minha área, do meu grupo atual de pesquisa, e da minha tristeza dentro dele. Decidi fazer esse post porque neste exato momento estou numa reunião de entrevista para novos integrantes (online), e comecei a viajar sobre a trajetória que fiz nesses 2 anos e meio de estudo.
Tenho 22 anos, atualmente no 11° período (risos), sou homem (isso será relevante depois), e faço psicologia. Nem tudo foi culpa minha, mas assumo que fiz parte do problema.
Em 2018 eu decidi entrar num grupo de pesquisa.
Era mais ou menos em agosto/ setembro, e decidi encher o saco de uma coordenadora de pesquisa no facebook sobre seu grupo na faculdade. Soube por alunos que havia bolsa, que fazer pesquisa era legal, e que poderia incrementar o currículo no futuro. Eu estava no 5° período se não me engano, e meu maior motivador eram os artigos que andava lendo na época sobre vídeo game e psicologia evolucionista (uma síntese entre psicologia, sociologia e biologia).
Depois de um mês esperando e enchendo saco, consegui uma avaliação.
Era uma avaliação simples, haviam apenas 4 perguntas e eram coisa boba sobre interesse, o que eu já havia produzido antes e yada yada. Achei estranho pois em alguns lugares entrar pra pesquisa era mais complicado, e havia entrevista também. Depois de muito tempo fui entender o porquê.
Eu posso dizer que tudo começou com a escolha do projeto de pesquisa, acho que foi aí que começou a bola de neve de problemas, a turbina em chamas do Donnie Darko, ou o momento em que Evan conheceu a Kayleigh em Efeito Borboleta.
Fui orientado à escolher um projeto de pesquisa que já estava em andamento. Haviam vários temas, desde cirurgia bariátrica, porte de arma de fogo e... vídeo game.
Vou ser bem sincero, acho que essa foi a pior escolha que fiz na vida. Vídeo game? Sério? Não tinha uma escolha mais... sei lá, interessante?
Na verdade era. Ainda acho na verdade. Não vou descreditar a área de pesquisa em vídeo games, não faz o menor sentido. Estou produzindo ainda material, e vejo que virou um assunto 'pop' ano passado com a nova adição do CID-11 de transtorno de vídeo game.
O projeto de pesquisa era testar um aplicativo de celular bastante popular que prometia um "melhoramento cognitivo", que em miúdos era tipo deixar você mais "esperto". O projeto era muito difícil, muito mais difícil que qualquer trabalho naquele grupo.
Mas difícil significa que dá pra fazer ainda, né? Não. Não dependia só de mim. Eu e meu grupo (inicialmente composto por 4 pessoas, eu e mais 3 mulheres) tínhamos que conseguir 60 pessoas que QUISESSEM jogar a porr# de um jogo de celular chato pra cacete, inicialmente durante 2 MESES, e ainda havia aplicação de testes psicométricos no começo e no final do treinamento (que demoravam 1hr e meia pra ser concluído, era exaustivo pra caralho).
O mercado de aplicativos de celular é extenso. Na verdade, existe promessa de vídeo game te deixar mais esperto desde a década de 80, com um jogo da Nintendo. Mas esse se dizia ~cientificamente confiável~, e nosso trabalho era justamente testá-lo.
Era minha primeira experiência com produção de material, e estava super animado, mas não era um trabalho só exaustivo pra pessoa. Eu tinha que achar a pessoa interessada (o que era muito difícil), marcar com ela, separar um dia com folga pra fazer os testes, muitas vezes o teste era dividido em dois, totalizando 2 semanas pra começar o treinamento. Esses testes psicométricos eram importantes para avaliar como a pessoa estava antes do treinamento.
Ela treinava por 2 MESES, dias intercalados (o que dava 1 mes jogando no celular), e tinha de ser 1 hora de jogo, que era MUITO CHATO. Sabe aqueles jogos super simples tipo memória, adivinhar uma sequência de números e tal? Então, eram vários desses. E no final, passava-se os mesmos testes do começo, que poderia demorar 2 semanas também, mas se a pessoa quisesse fazer tudo num dia, poderia.
Óbvio que deu errado. O projeto não era tão impossível de fazer, só éramos as pessoas erradas. Normalmente em projetos trabalhosos como esses, são feitos por laboratórios grandes, com um número de participantes grande também. As pessoas passam por uma triagem melhor também, com tempo de folga, e as vezes até são incentivados de uma forma ou outra... mas o nosso não, eram de amigos ou pessoas da faculdade. Alguns amigos se propuseram de fazer, mas foi enfadonho demais.
Material psicométrico é caro. Alguns nem tanto, mas alguns são bem caro. Procurem aquele teste de Rorschach, só as pranchas são quase 800 reais, visto que são importados. Os que eu usava eram R$150, eram vários cadernos que NÃO PODERIA SER RABISCADO. E rabiscaram. A culpa ficou nas minhas costas, mas felizmente não tive de pagar (eu não sei nem como iria arrumar essa grana, afinal universitário é tudo duro, pelo menos do meu círculo era).
Nesse dia foi engraçado. Estava fazendo com duas mulheres, elas pareciam até contentes com o teste, ficaram brincando sobre as questões e conversando comigo. Achei super legal por parte delas de participar de um negócio tão chato. Fiz todos os procedimentos, ressaltei a importância de não rabiscarem o caderno, e que as respostas eram anotadas numa folha separada.
Elas entenderam. Quando viro a cara pra olhar o celular, tá lá a menina marcando tudo de CANETA no caderno. Tive um treco.
Primeiro que o material era caro em si, e segundo que alguns deles não eram meus, nem da coordenadora, e sim da universidade. Ou seja, o problema era maior, porque eu teria que levar na coordenação, pagar pelo material, etc. Por sorte, a minha coordenadora aliviou pro meu lado, e disse que ela resolveria isso.
Outro caso foi com uma senhora. Todos os dias de treinamento a pessoa tinha que me enviar prints por whatsapp contendo os resultados do treino. Muito, mas muito raro as pessoas enviavam todos os dias necessários, e fazia com que 2 meses virassem 3 de tanto que as pessoas começavam a deixar de fazer, ignorar a gente, fazer menos tempo que deveria, e por aí vai...
Mas com essa senhora foi mais difícil ainda. Ela tinha dificuldade com o aplicativo, e tive de marcar vários dias na faculdade pra ensiná-la a jogar e mexer no app. Confesso que eu mesmo não manjava tanto.
Ela dizia que entendia, sabia como printar, e me enviaria. Ela até foi mais esforçada que as outras pessoas que se prontificaram, só que tinha um outro problema. Quando a pessoa não treinava direito, o app não reconhecia os resultados, e assim não dava as paradas que precisávamos computar.
Ela dizia que jogava por 1hr e não gerava resultado. Eu pedia pra que jogasse mais uns minutinhos pra ver se saía, e não vinha nada rs. Ela se dizia frustrada, tava tomando muito tempo do dia dela, e ela ficava com dor de cabeça.
Fiquei muito triste, mais ainda porque não queria fazer ela se sujeitar à isso, e também porque eu estava perdendo um tempão fazendo as pessoas me cumprirem um favor chatíssimo.
Projeto de pesquisa ruim, e agora sobre os integrantes...
Eram 4 pessoas. Duas meteram o pé 1 mês depois que eu entrei no grupo. Uma delas estava terminando a faculdade, e disse que estava muito ocupada para se envolver com grupo de pesquisa. Até hoje não sei se era verdade, mas tudo bem, cada um sabe onde o calo aperta.
A segunda menina saiu porque havia arrumado um em estágio remunerado. Fico feliz por ela, e ao mesmo tempo com inveja kkk ("inveja branca", como dizia minha mãe) queria muito ter conseguido um também. O problema é que ela era a mentora da parada, e ela tinha muitas fichas importantes sobre o projeto que ela >não deu pra gente quando saiu<. Ela vazou e ficou de mandar algumas paradas importantes, como fichas de pessoas que já haviam feito todo o treinamento. Enrolou por vários meses, e no final não entregou porque não sabia onde estava. Ou seja, parte do progresso havia sido perdido.
Restou eu e uma outra menina que era super interessada e participativa. Ela ainda está no grupo comigo hoje.
Como o texto tá grande pra caralho, vou deixar assim mesmo. Ainda tem bastante coisa pra contar, mas se calhar de uma parte 2, eu escrevo e mando aqui depois. Espero não estar enchendo o saco de vocês com um textão desse, vou repensar se continuo desabafando sobre esse problema kkk.
submitted by marvinpls to desabafos [link] [comments]


2020.09.01 03:46 Joice_SilvaS2 O dia que "perdi" minha família por causa de um brinco

Era setembro... Mentira era dezembro. Primeiro oi prazer, meu nome é meu Nick, bem-vindos a minha história.
Era dezembro, e como uma família iríamos comemorar o natal unidos na roça, na casa da minha avó. A minha mãe arrumava a casa da minha avó (sogra dela) 1 vez no mês, e a vó pagava ela 50 reais. (oq eu acho pouco pq a casa é gigante) 3 dias antes da festa minha mãe foi pra casa da vó pra arrumar e deixar pronto e eu fui junto pra ajudar. Até que minha tia chega lá e fala pra minha vó que se ela quisesse ela poderia ir com ela pro último dia na novena (para os que não sabem novena é quando um grupo da igreja se organiza e cada dia tem uma oração na casa de alguém até dar 9 dias, no último tem uma festinha, tipo isso) e a minha vó aceitou e foi, mas eu e minha mãe tava arrumando a casa e ia demorar pra acabar; então a minha mãe disse que poderia ir que quando acabassemos iríamos trancar a casa com a chave do meu pai e iríamos embora, e assim aconteceu. No outro final de semana fomos pra roça fugir um pouco do estresse da cidade, ficamos lá até de tardinha; e quando estávamos quase indo embora a minha vó chegou pra mim e pra minha mãe no cantinho e disse o seguinte: — (nome da minha mãe) depois daquele dia que vcs arrumaram a casa o meu brinco sumiu, e eu queria a satisfação de vcs. Pois é, curto e grosso, eu e minha mãe dissemos que não até pq a minha mãe não tem buraco na orelha e eu tenho alergia, começa a coçar e da umas bolinhas. A minha mãe começou a chorar e eu também, pq a minha vó estava acusando a gente de ter roubado um brinco dela, não é nem um par é um brinco, e daqueles baratinhos que vc compra por 3 reais. Depois meu pai apareceu e minha vó falou com ele e meu pai ficou pistola, começou a gritar dizendo que nunca faríamos isso e tals, e depois minha vó disse: — Não tudo bem, eu nunca mais vou pisar na casa de vcs. Ent fomos embora, mas a minha mãe ficou com isso na cabeça, ela não saia de casa não queria comer, era a depressão dela que tinha atacado, se vc ler outras histórias que eu postei dá pra ver claramente que a minha família e eu também tem vários problemas psíquicos. Mas enfim, eu fiquei preocupada e falei pro meu tivô e ele conversou com a minha mãe até pq ele criou ela, a minha avó parte de mãe mexia com drogas e morreu quando minha mãe tinha 10 anos e minha mãe foi morar com ele. Depois que o tivô cvs com ela, ela deu uma animada e hj tá tudo bem, mas só falar do assunto ela começa a chorar. O pior é que minha vó disse uma coisa diferente pra cada tia minha! São 8 tias ela falou pra uma que eu tava brincando com o brinco e perdi, falou pra outra que eu peguei o brinco pra mim, falou pra outra que a minha mãe limpou deixou cair e não achou, e assim por diante. Uma das minhas tias que mora na roça , disse que acreditava em mim, e que eu estava convidada pra ir na casa dela quando quisesse, mas eu ainda estou com medo de ser acusada de novo.
 E um dos meus primos estava lá na roça quando aconteceu isso, e hj ele tem ódio de mim, mas eu nunca fiz nada pra ele; e eu gosto tanto dele, eu amo meus primos. E de 12 primos só eu e mais duas são meninas mas elas moram na roça. Pra falar a vdd eu sou diferente de todos os meus primos, eu sou muito insegura e eles não gostam disso e na maioria das vezes me excluem E depois disso eu nunca mais pisei na roça, desde o natal de 2019 eu não vejo nenhum dos meus 12 primos. Eu sinto muita saudades 
Bom é isso, espero que tenham gostado, foi longo mas é uma baita de uma treta kkkk😂
submitted by Joice_SilvaS2 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.31 05:18 _powerguido_ Senta que lá vem história

Ficamos juntos por 5 anos. E não foram 5 anos fáceis - minha ex namorada teve problemas que eu não sabia como ajudar. Ela era literalmente stalkeada por um ex colega de classe que simplesmente se apaixonou por ela e passou mais de dois anos perseguindo ela no trabalho, no mestrado, na academia. Chegou a conspirar com colegas da faculdade pra saber onde ela estava, quem eram as pessoas próximas dela. Tentou rapta-la, mais de uma vez. Subornou familiares para ficarem do lado dele. Pra ela, ele era só um cara que não sabia expressar os sentimentos bem. Se ele parou? Não. Mas reduziu a agressividade consideravelmente e hoje em dia se limita à "só" mandar um buquê de rosas no aniversário dela.
O cara já estava tão enraizado na vida dela antes de eu aparecer, que eu simplesmente não consegui convencer nem mesmo a minha ex de que ele era um cara realmente transtornado. O terror que era esse cara na vida dela só serviu pra agravar ainda mais o caso grave de ansiedade que ela tem. Vocês sabem o que é ver uma crise de ansiedade pela primeira vez, sem nem entender o que estava acontecendo? Mas uma crise grave mesmo, de fazer a pessoa chorar por duas horas sem parar, de ficar arranhando o corpo todo com as unhas e viver com hematomas nos membros do corpo por causa disso. E isso começou a ficar constante... uma hora eram uns arranhados no rosto, depois nas pernas. Até o dia em que eu fui ver ela e os dois antebraços estavam quase em carne viva.
E o pior, é que eu quase nem me lembro mais dessa época. Foi muito intenso e me afetou negativamente por muito tempo. Eu conseguia entender que um babaca machista se via no direito de perseguir uma mulher só porque ela não queria namorar com ele - mas meu deus do céu, eu com certeza não conseguia entender como ela mesma não via o quanto ela precisava de uma ajuda profissional por causa da influência negativa desse cara na vida dela (e por vários outros motivos que não valem nem a pena serem citados). Ela me usava como substituto pra tudo que ela não tinha na vida dela - um pai, um irmão, um psicólogo, um amigo. E eu me deixei levar, porque era ingênuo. Porque era meu primeiro namoro. Porque eu achava que eu podia consertar isso. "Depois das primeiras sessões no psicólogo ela vai perceber que esta fazendo bem pra ela", eu dizia pra mim mesmo. Passamos em tantos psicólogos, psiquiatras, gurus. Fizemos academia juntos, eu praticamente morava com ela e não ficava mais com minha família. Eu achava que eu podia dar um jeito na vida daquela menina.
E sinceramente? Eu podia mesmo. Eu não acho que falei alguma coisa errada pra ela em todo o tempo que estávamos juntos. Mas ela nunca me ouvia. E se ela ouvisse, talvez ela tivesse passado por essas situações com mais facilidade, nosso relacionamento teria tomado outros rumos e nós ainda estaríamos juntos. Mas não estamos, e quem está perdendo com isso é ela, porque ela não me superou com certeza. Ela mesma me fala isso.
Eu não acho que eu era um namorado incrível e maravilhoso. Eu nunca tive um carro pra conseguir dar um rolê com ela. Com meu dinheiro mal dava pra gente ir no cinema uma vez por mês. Mas cara, eu me esforçava tanto, tanto mesmo. Lembro que eu um dos dias dos namorados eu quase varei a noite fazendo uma carta à mão de umas 10 páginas, tinha vários desenhos coloridos, poemas apaixonados e promessas de amor. Ela achou ok. Gostou mais do bicho de pelúcia que eu também dei, que custou 10 reais e que claramente não tinha nenhum valor sentimental pra mim. É muito difícil lidar com um cara que persegue sua namorada, mas acho que é mais difícil quando sua própria namorada não dá valor pra como você expressa seu amor por ela.
Mas você leitor deve estar pensando "Mas você disse isso pra ela?" E a resposta é sim. Eu sempre fui sincero com ela, se algo me chateava, eu dizia. Nada do que eu estou escrevendo aqui é algum segredo pra ela. E eu achava que ela ia trabalhar essas informações pra criar um relacionamento mais confortável pra mim e pra ela. Mas ela escolheu ignorar.
Mas o motivo de eu estar escrevendo tudo isso mesmo na verdade é outro. A gente terminou, mas foi razoavelmente tranquilo e decidimos continuar nos falando. Nós dois somos adultos, não é porque discordamos de alguns pontos que precisamos deixar de apreciar a companhia um do outro pra todo o sempre.
E é aqui que sou obrigado a voltar pro começo do nosso namoro. Porque apesar de termos iniciado o namoro cada um com mais de 30 anos, perdemos a virgindade juntos. Crescemos sexualmente juntos. Aprendemos tanto juntos! Eu mais ainda, visto que era meu primeiro namoro. E eu reclamei muito aqui da minha ex (e ela realmente tem os defeitos muito marcantes dela), mas eu também preciso admitir que ela em muitos momentos foi tão minha parceira, minha confidente, minha amada. Eu passei calado por todas as situações que eu já descrevi aqui e muitas outras tão ruins quanto porque, no fundo mesmo, pra mim estava valendo a pena. A gente tinha intimidade, apesar da dificuldade extrema dela de se abrir pra mim. Eu estava sacrificando meu bem estar mental e físico para sustentar o nosso relacionamento.
Tanto que só perto do final do nosso relacionamento que ela assumiu pra mim a atração por outras mulheres. Eu entendo ela, tem gente que não reage bem à isso. Eu tenho certeza que a família dela não reagiria nada bem. Entendo que era um segredo que ela queria deixar só pra ela, e que mesmo com toda a intimidade sexual que a gente tinha, ela também tem o direito de manter coisas só pra ela. É justo.
Só que eu não fiquei com raiva, nem com medo de ela querer me trocar por uma mulher, nem tive essa ideia fetichizada de transar com duas mulheres ao mesmo tempo. Eu sou um cara hétero, mas eu acho o amor lésbico de uma sensibilidade e de uma beleza inexplicável. Eu sempre me sinto mais seguro perto de mulheres, sempre me conecto mais com elas. Desde pequeno eu gosto da presença feminina. Então a ideia de duas mulheres partilhando um relacionamento, parece uma coisa quase mágica pra mim. E de novo, não é nada sexual nem fetichizado, eu realmente só acho muito bonito mesmo. Então qual foi minha reação quando descobri que minha ex tinha vontade de viver isso que eu acho tão incrível? Incentivei ela à correr atrás disso.
Mas é claro que ela, criada numa família extremamente católica, iria simplesmente sair atrás de uma guria do dia pra noite. Foram meses de conversa, de aceitação da parte dela também, de entender que ela não era uma aberração da natureza porque sentia atração pelo mesmo sexo (e também pelo sexo oposto). Nossos últimos meses juntos foram repletos de muitas conversas relacionadas ao mundo LGBT+ e afins. Acho que nós dois também já sabíamos que as coisas não estavam mais super bem entre nós, e que era questão de tempo até a gente se separar. Nosso relacionamento estava bem desgastado mesmo. É estranho porque a gente consegue ser extremamente forte pra parceira quando ela precisa ir correndo pro hospital, ou tem uma crise de pânico, ou não se sente segura na rua e precisa que você pare o seu dia para fazer companhia à ela - mas parece perder a motivação quando essas situações se normalizam e você percebe que talvez aquela pessoa simplesmente não tem a proatividade de te mandar uma mensagem perguntando "como foi seu dia", e de alguma forma sempre está online no whatspp. Sim, nosso relacionamento acabou. E foi bom ter acabado. Eu precisava desse término, muito mais do que eu precisava de uma namorada.
Mas também é muito bom saber que aquela pessoa por quem você passou anos cultivando um sentimento também está vivendo a vida dela. É bom saber que dá pra gente marcar um dia pra devolver as roupas dela que ficaram aqui em casa, sem drama, sem dor de cabeça. Ela foi muito madura no término, eu também. De certa forma nosso namoro acabou, mas continuou como uma amizade - bem menos intensa, bem menos problemática, bem mais fácil de lidar. Mas também sem as partes boas, sem aquela sensação de que se está ajudando a pessoa. Mas é muito mais do que milhares de pessoas separadas têm hoje em dia. Não posso reclamar, eu tenho muita sorte.
Eu só queria mesmo poder partilhar com ela a experiência da descoberta homoafetiva dela. O que não vai acontecer, já que ela já deixou claro que não é obrigada a revelar nada da vida pessoal dela agora que nosso relacionamento terminou - e ela tem total razão nisso. Eu sei disso, eu concordo com isso, e ao mesmo tempo eu acho que ela está sendo tão injusta por me negar esse fato.
Eu sei que não justifica, mas eu me dediquei tanto ao nosso antigo relacionamento juntos. Tive que entender que eu não estava mais sozinho no mundo, eu tinha alguém pra dividir o mundo comigo. Eu tive que aprender a baixar minha guarda, contar o que me dava medo, me expor totalmente à alguém, me desconstruir inteiro. E isso é muito difícil pra mim. Eu sei que ela não me deve nada, e eu sei que eu sou um idiota por me apegar tanto à esse motivo tão besta. Mas isso é realmente importante pra mim. Tem uma coisa dentro de mim que é ansiosa em saber se minha ex está se sentindo acolhida por uma outra mulher, se teve uma boa primeira experiência. De novo, eu sei que soa muito trivial, mas é uma verdade tão grande dentro do meu coração que me faz querer chorar quando lembro que isso nunca vai acontecer.
E não tem nada que eu possa fazer a não ser aceitar. E é exatamente isso que eu venho tentado fazer, pelos últimos 6 meses.
submitted by _powerguido_ to desabafos [link] [comments]


2020.08.31 02:36 HedgehogFriendly Me ajudem a confortar a dor que sinto

Olá a todos!
Tudo começou quando entrei na universidade em 2018. Lembro que o coordenador do curso me perguntou se eu queria ter aula até quinta feira (1° período é bem fácil em engenharia), obviamente que concordei. Jamais pensei que passaria por um dos maiores sofrimentos da minha vida. Lá estava ela, uma menina linda, juro que tentei, mas não consegui controlar meus sentimentos e logo estava apaixonado por ela. A respeito de mim, sou extremamente tímido, sofro de ansiedade,depressão, não tenho amigos e também sofro de solidão. Por várias vezes tentei estabelecer um contato visual com essa menina, mas sempre com cautela pois sei que não sou nem um pouco atraente e ela nunca me deu atenção, ela sabia que eu gostava dela ou pelo menos acho que sabia. Foi assim durante toda a cadeira de física I, quando eu via ela ficava tão nervoso que ficava sem reação. Não era para ter cultivado isso, só sofri por tudo isso. Uma vez doeu muito em mim, tentei olhar para ela e de forma bastante fria ela me ignorou, foi uma das piores coisas que senti na minha vida, meu coração doeu. Mesmo assim, iludido, tentei fazer algo maluco e criei um Instagram com a minha foto (maior vergonha da minha vida) para tentar seguir ela, mas ela não me aceitou, eu tinha um total de 0 seguidores quando mandei a solicitação kkkkkkkkkk. Depois disso só tive contato com ela na última prova da disciplina, percebi que ela olhava para mim, mas, depois de tudo isso, não consegui olhar para ela (sofro de ansiedade). Nunca mais paguei uma cadeira com ela, mas a primeira vez que ela me viu na universidade depois desse acontecido, colocou um olhar para mim que não consegui identificar, não sei se ela estava com pena de mim ou vontade de chorar, mas era direcionado para mim. Ela me tratou muito mal, eu tinha sentimentos por ela e talvez isso tenha pesado na consciência dela. A segunda vez que ela me viu deu um sorriso para mim, talvez de vergonha alheia. Depois disso não olhou mais para mim. Em nenhuma dessas situações tive coragem de agir depois de tudo que já tinha sofrido, todas as rejeições. Eu continuei gostando dela, por mais que não conseguisse demonstrar. Na metade de 2019 o inferno aconteceu, vi ela namorando com outro cara e fiquei bastante triste, não aguentei e me abri para ela, ela se mostrou compreensiva, deu um sorriso para mim, mas, obviamente, ela já estava namorando. Meu mundo caiu, não por causa de uma rejeição, mas por causa da minha vida porque sou uma pessoa muito triste, desde sempre, nunca tive amigos, é o que eu mais quero para minha vida, ter amigos com quem conversar. Além disso, também sofro de ansiedade social, coloquei na minha cabeça que era uma pessoa normal e tentei mudar, mas foi um desastre, só me machucou. Eu estou muito triste agora neste período de pandemia pois não estou saindo de casa, estou muito para baixo, cada vez mais depressivo, queria desabafar. Minha depressão é algo mais profundo, minha vida não foi e não é fácil, a rejeição é um problema comum para mim porque fui rejeitado pela minha família biológica e sou filho adotivo e por esse motivo tenho tanto medo de ser rejeitado mais uma vez. Me perdoem a ortografia, estou muito ruim no momento.
submitted by HedgehogFriendly to desabafos [link] [comments]


2020.08.29 16:16 fafafayeye Eu me apaixonei de novo pela minha ex

Eu passei os últimos 4 anos emendando namoros. A cada 6 meses mais ou menos eu trocava de namorada, com exceção de uma menina que foi o melhor namoro da minha vida, ela sempre foi super atenciosa e amorosa e tudo com ela fluia perfeitamente bem, até que eu traí ela com uma amiga. Poise eu fiz merda, acontece que fazem 10 meses que isso aconteceu e voltamos a nos falar, ela cursa jornalismo e eu filosofia, nossos papos ainda combinam, tudo na gente combina, melhor do que antes até, mas eu magoei ela demais e sei que não posso querer estar com ela de novo, todos os amigos dela me odeiam (com razão não foi uma traição leve eu os garanto) e agora? O que que eu faço se eu amo uma pessoa que eu magoei de um jeito nunca antes visto?
submitted by fafafayeye to desabafos [link] [comments]


2020.08.25 21:03 ImagineLives Eu amo ela!! Mas... ela não me ama?

Oi... Eu vou (tentar) ser bem direto
Meu nome é Rapha, Tenho uma namorada já faz mais ou menos 8 meses, começamos a namorar ainda na escola, ela veio até a mim e começos a conversar, e em pouco tempo já estávamos apaixonados, com o passar do tempo eu decidi pedir ela em namoro e aqui estamos.
No início do nosso namoro era uma coisa incrível, eu nunca senti tanto amor e reciprocidade por alguém em toda a minha vida, tínhamos uma conexão EXCEPCIONAL, toda conversa nossa era sinônimo de muitas risadas, compaixão e carinho.
Mas depois do 4 mês, eu tenho sentido ela bem distante de mim, sei que por conta da quarentena o ânimo de todo mundo mudou, mas parece que ela só mudou comigo, tipo, desde de o único ela tem minha senha do celular, e eu tenho as dela, eu nunca entrei no celular para ler nada, mas de vez em quando ela entrava no meu e de início eu achava normal do ciúmes e tals...
Só que esses dias minha preocupação com o nosso relacionamento aumentou de uma forma giganteca, ela já não era mais a mesma comigo, sempre que eu chamava ela para fazer algo ela diz "talvez" ou nem presta atenção no que eu disse, ela já não ligava mais para os presentes que eu fazia, os textos que eu deixava para ela (e que ela sempre amou).
Até que semana passada eu entrei no celular dela e fui ler algumas conversas dela, com o objetivo de descobrir algo, se ela não queria mais ficar comigo ou algo do tipo, mas todas as conversas que tinham ali, ela se divertia e muito, tinham memes(as vezes eu envio alguns memes para ela) tinham memes que eu já tinha enviado, e ela disse que não tinha a menor graça, mas quando os amigos (as) dela enviavam o mesmo meme, ela caia na gargalhada, olhando mais as conversas eu reparei que ela se divertia muito mais do que cmg.
Nesse momento minha Insegurança dó aumentava cada vez mais, até que decidi conversar com ela, falei tudo o que eu sentia, perguntei se estava tudo bem com ela, se eu tinha feito algo desagradável, se ela não gostava mais de mim, se ela pensava em terminar, e ela simplesmente falou que estava tudo ótimo, falou que não queria terminar comigo, perguntei se ela se divertia cmg e ela disse que sim, mas era muito difícil de acreditar em tudo aquilo para mim, e comecei a virar uma pessoa muito insegura.
Eu amo essa menina de uma forma que nunca amei ninguém, me dói muito ver que eu não sou uma pessoa no mínimo interessante para ela e me dói ainda mais ver que ela mente sobre isso para mim, eu já não sei o que fazer, já não sei o que pensar, parece que a cada dia que passa ela vai deixando de gostar de mim, e eu me odeio por isso, já chorei muito (e eu não sou um cara que chora com facilidade), mas eu não sei mais o que fazer, será que eu estou disponível demais? Será que eu me iludi esse tempo todo? Será que ela mentiu para mim? E se mentiu, o por quê? Minha cabeça está uma confusão...
submitted by ImagineLives to desabafos [link] [comments]


2020.08.25 03:04 SnooCheesecakes566 Vamos falar de sexo...

Sexo para mim sempre foi algo complicado... Não fale, não sinta, se entregue, permita... Eram coisas que vinham na minha mente o tempo todo quando estava com alguém, fosse homem, fosse mulher. Ao mesmo tempo, sexo para mim estava ligado a algo ruim, punição, era como se aquela coisa ruim só acontecesse com meninas que mereciam e eu merecia. Na minha cabeça...
Ao mesmo tempo... O valor que as pessoas, mas principalmente homens, lhes dão está intimamente ligado no quanto te desejam certo? Errado, novamente isso era só na minha cabeça.
Eu devo ter de uma forma ou de outra seduzido cada pessoa que já passou pela minha vida, seja aceitando investidas, (não fale), seja aceitando abusos diretamente do meu corpo, (se entregue e permita). Eu devo de certa forma ter sido apaixonada, por todos aqueles que me desejaram de um jeito ou de outro... As vezes com a noção, (errada), de que desejo e afeto são a mesma coisa, as vezes com a noção, (errada de novo), de que quem me desejava cuidaria de mim.
Mas o pior é a culpa, como tudo isso não passava de auto-punição, sempre ficava aquela vozinha na minha cabeça, me chamando de vários nomes, cobrando, apontando a vergonha que eu era para a minha família, meus pais, até eu não poder andar de cabeça erguida na rua... Eu me achava suja, me achava imunda, por isso que merecia todas estas coisas.
Eu escrevi este texto para explicar que ninfomania, não é algo que homens devem se sentir interessados, como tenho visto recentemente, não é simplesmente mulheres que gostam de sexo, (sexo deve ser bom, deve ser algo que ambos gostam), é algo que você nunca vai saber o mal que está fazendo. E é algo que eventualmente vai destruir tudo, relacionamentos, trabalho, sua vida pessoal, sua relação com o mundo. Eventualmente, quem sofre disso, se destrói de um jeito ou de outro.
Hoje depois de muito tempo de tratamento, eu percebo o quanto estava doente e também quantos lobos se aproveitaram, quantos só se aproximaram por ser fácil, quantos insistiram em fazer sexo comigo, mesmo percebendo o meu desconforto, porque se eu não quisesse de verdade, eu seria mais incisiva, hoje vejo que de muitas formas, fui vítima de muita gente que amei... Mas ao menos hoje ando de cabeça erguida.
Aquela menina não existe mais.
Espero que este desabafo ajude quem sofre com este mal, mas também espero que ajude quem não entende, quem não compreende a entenderem melhor, que isso não é diversão e nem tão pouco algo para piadas, é algo sério, que precisa ser respeitado.
submitted by SnooCheesecakes566 to desabafos [link] [comments]


2020.08.25 01:42 queimis Sofri um aborto espontâneo ontem

Só um background da minha história: Eu(F34) e meu namorado(M28) estamos juntos há menos de 1 ano, mas as coisas se moveram muito rápido desde o início.
Começamos a morar juntos em março desse ano e nos mudamos pra uma cidade completamente nova pra mim. Fui forçada (pelas circunstâncias, não por ele) a deixar tudo que eu tinha construído nos últimos 3 anos pra trás pra embarcar nessa aventura. Nos mudamos pra cidade natal dele porque ele recebeu uma proposta de emprego muito boa. Nós dois conversamos muito no início e, depois de resolvermos juntos que relacionamento à distância não era pra nós, eu decidi me mudar com ele.
Eu sempre tomei anticoncepcional/injeção ou usei DIU desde a minha adolescência. Estive em um relacionamento estável por quase 10 anos e nunca nem me preocupei com gravidez, porque, assim como a maioria das meninas, achava que estava segura com a pílula. Há cerca de 1 mês e meio atrás comecei a sentir uns sintomas estranhos e depois de 2 semanas passando mal constantemente e de muitos resultados desesperadores do Google, eu achei que estava doente e deveria ir ao médico. Dois dias antes da consulta, resolvi fazer um teste de gravidez de farmácia, só pra ter 100% de certeza que aqueles sintomas (enjoo, fraqueza, cansaço extremo) não eram por causa de gravidez. Eu tinha 99.9% de certeza que não era, só não queria passar vergonha na frente do médico. Peguei o pauzinho, abri, o xixi encostou e deu positivo. Três testes e muito choro e desespero depois, descobri que estava grávida.
No começo foi um choque. Os dois completamente desnorteados. Depois de uma longa conversa, resolvemos manter a gravidez (graças a Deusa moro em um país em que posso fazer essa escolha livremente). Os dias foram passando e a gente foi amando cada vez mais aquele ser que estava se desenvolvendo dentro da minha barriga. Contamos pra família, todo mundo ficou super feliz. Começamos a planejar o quarto, economizar grana, receber pequenos presentes de amigos. Pensamos até em possíveis nomes pro bebê. Até que as coisas começaram a ficar estranhas. Eu comecei a ter um sangramento que pra mim - apesar de todo mundo dizer que sim - não era normal. Fui no médico, a resposta que eu tive foi a mesma do Google: “é normal ter sangramento no primeiro trimestre da gravidez.”
Voltamos pra casa, vida que segue.
No sábado comecei a sentir cólicas, mas também achando que era tudo normal, fiquei em casa, só fazendo repouso o máximo que dava. Até que no domingo, eu estava deitada e comecei a sentir uma dor descomunal na barriga. Senti um pouco de sangramento descendo, então corri pro banheiro. Quando eu sentei no vaso, foi como se tivesse aberto uma torneira dentro de mim e uma quantidade enorme de sangue e pedaços de tecido começaram a sair. Naquele momento eu soube que estava perdendo meu bebê.
Foi o pior momento da minha vida.
Corremos pro hospital, o sangue jorrando de dentro de mim enquanto eu gritava de dor. Meu namorando acelerando e cortando todos os sinais. Chegamos no hospital e depois de muito remédio pra dor e muitos exames, a médica finalmente veio falar o que a gente já sabia: eu sofri um aborto.
Eu não consigo nem explicar o que senti na hora e o que ainda estou sentindo. É uma mistura entre dor, ódio e culpa que não me deixa em paz por nenhum segundo. Acho que tenho mais ódio sabe? De um Deus que nem sei ao certo se existe que todo mundo me diz pra confiar, mas que prega esse tipo de piada maligna nas pessoas dessa maneira. Eu estava bem antes de ficar grávida, nem pensando em ser mãe pelos próximos 2 anos. Aí veio assim, sem planejamento, no meio de uma pandemia, mesmo eu tomando os cuidados devidos, só pra depois arrancar de mim sem nenhuma explicação? Quem faz esse tipo de coisa? Não consigo imaginar um Deus do amor fazendo esse tipo de coisa doentia.
Meu namorado está do meu lado o tempo todo, me apoiando, mas eu sinto que eu deveria ser forte em alguns momentos, porque ele também está sofrendo. Mas eu não quero e nem consigo ser forte. Só quero deitar na cama e chorar 24 horas por dia.
E agora eu estou aqui nessa cidade que não conheço ninguém, sem minha família ou nenhum amigo por perto pra me dar um abraço, com um buraco imenso no coração e um útero vazio que não para de sangrar.
submitted by queimis to desabafos [link] [comments]


SE TUDO FOSSE FÁCIL - MAS AMO O QUE FAÇO MARILENE NÃO SE METE SÃO MEUS AMIGOS  Canal IMENSAS A Filha (TUMBLR) De Cada Signo A ALUNA DE CADA SIGNO I QUAL É VOCÊ ? - YouTube 'FUNK' DE CADA PAÍS #3 Minecraft mas... TODOS OS OUTROS 12 VINICCIUS13!! De TUdoS 🔺️SSisTiDoS - YouTube PJ MASKS em Português - O Carro do Menino Gato e Corujita no Escorregador do Quarto Rap dos meninos

Nomes de menina O Meu Bebé

  1. SE TUDO FOSSE FÁCIL - MAS AMO O QUE FAÇO
  2. MARILENE NÃO SE METE SÃO MEUS AMIGOS Canal IMENSAS
  3. A Filha (TUMBLR) De Cada Signo
  4. A ALUNA DE CADA SIGNO I QUAL É VOCÊ ? - YouTube
  5. 'FUNK' DE CADA PAÍS #3
  6. Minecraft mas... TODOS OS OUTROS 12 VINICCIUS13!!
  7. De TUdoS 🔺️SSisTiDoS - YouTube
  8. PJ MASKS em Português - O Carro do Menino Gato e Corujita no Escorregador do Quarto
  9. Rap dos meninos
  10. Projeto Nosso Lar - Deuza & Fábio ♡

Meninas e meninos no way ... Diego: E é tudo separado É cada um prum lado É muito antiquado e eu fico calado Pedro: Eu não falo com menina Essa é nossa sina O Jonas que ensina E agente não ... Oi pessoal, fala galera mais um vídeo novo, e no vídeo de hoje eu fiz um desafio no minecraft com meus amigos, eu chamei 6 pessoas para a casa automática, e fizemos 3 times, cada um ... Oiii Meus Amores Nesse Video Eu Mostro a Filha Tumblr De Cada Signo. ... Nomes lindíssimos para bebês meninas💗😍 - Duration: 4:44. Débora souza Recommended for you. 4:44. mensagem: link do filme jumper: ( vocÊ vai clicar 4 vezes no play do filme - feche sempre as os sites que abrem , e escolha o play desejado blz! bom filme - ... MENINA TU JÁ VIU QUE VOCÊ TEM 1001 TIPOS DE AMIGOS E CADA UM É DIFERENTE DO OUTRO? MAS NO FUNDO A GENTE AMA TODOS. Antes de você continuar lendo esse texto, tu já vai e se inscreve nesse ... Song 16 Shots; Artist Stefflon Don; Licensed to YouTube by UMG (on behalf of Polydor Records); ASCAP, UMPG Publishing, UNIAO BRASILEIRA DE EDITORAS DE MUSICA - UBEM, LatinAutor - UMPG, CMRRA, Sony ... 🛐📺👌🏽🤘🏽😁🗯 FicAR em caSA, P'Ra MiM, é sempRE a MELhor opÇÃO ...QuEm QuiSeR poDe vEr, MaS oS PLayLisT's SãO P'Ra MiM meSMo Muito obrigada por assistir e por todo o seu apoio contínuo. Sou eternamente grata a todos e cada um de vocês por assistir, comentar e ser uma parte enorme deste canal e desta viagem divertida ... Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. História: Deuza + Fábio = Daiane & Vanessa Fábio e Deuza são um casal trabalhador, que mora no distrito de Icoaraci, Pará. Pais da Daiane (12 anos) e Vanessa (10 anos), buscam todos os dias ...